LANCE!
19/06/2016
12:52
Belo Horizonte (MG)

Enfim, o Atlético-MG venceu sob a batuta de Marcelo Oliveira. Com o triunfo sobre a Ponte Preta, por 3  a 0, na manhã deste domingo (19), no estádio Independência, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, o Galo encerrou um jejum de sete partidas sem obter nem um resultado positivo sequer.

A última vitória do Alvinegro Mineiro no Brasileirão ocorreu na primeira rodada. Na ocasião, o time que ainda era comandado por Diego Aguirre venceu o Santos, no Campo do Horto. Juan Cazares foi o responsável por balançar a rede da equipe de Dorival Júnior.


Com o resultado desta manhã, o Atlético chega a 10 pontos conquistados e deixa a zona de rebaixamento da principal competição nacional. Já a Ponte Preta permanece com 13 pontos e ocupa a oitava colocação.

Os retornos de Erazo e Cazares deram outra cara à equipe comandada por Marcelo Oliveira. Os equatorianos fizeram a diferença na primeira etapa. Enquanto o zagueiro evitou lances criados pelo lado direito do ataque visitante, o meia-atacante foi o responsável pelas melhores jogadas ofensivas do mandante.

Pressionando o adversário desde os minutos iniciais, o Galo contou com uma falha de João Carlos para abrir o placar. Leandro Donizete, de volta ao time titular, arriscou da intermediária. O goleiro adversário se equivocou e aceitou o chute.

Com mais volume de jogo, o Atlético seguiu criando as melhores chances e pouco tempo mais tarde Cazares recebeu passe de Marcos Rocha e mandou no canto esquerdo de João Carlos. O lance inflamou a torcida presente no Horto e presenteou o melhor jogador em campo. O mandante ainda fez com Robinho, mas a arbitragem assinalou posição irregular do atacante.

Acuada e sem criar boas chances, a Ponte Preta realizou duas modificações logo no intervalo. Wellington Paulista e Thiago Galhardo substituíram Roger e Clayson. As mudanças não surtiram efeito e o visitante seguiu dominando a partida, mas sem a mesma eficiência dos minutos iniciais.

Cazares seguiu criando as melhores oportunidades. Contudo, os homens de frente cometeram erros nos lances de finalizações. Clayton e Robinho perderam as melhores chances. O centroavante Fred limitou-se a fazer o pivô na entrada da área e no meio de campo, mas ainda assim foi um dos destaques do sistema ofensivo.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X PONTE PRETA

Motivo: 9ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 19 de junho de 2016 (domingo)
Hora: 11h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (SC) e Nadine Schramm Camara Bastos (SC/Fifa)
Cartão amarelo: Jeferson (Ponte Preta)
Cartão vermelho: Não Houve.

Gols: Donizete - 24'1T (1-0); Cazares - 27'1T (2-0); Carlos - 38'2T (3-0)

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Erazo e Douglas Santos; Leandro Donizete, Júnior Urso e Juan Cazares (Patric - 41'/2°T); Clayton (Carlos - 36'/2°T), Robinho (Rafael Carioca - 31'/2T) e Fred. Técnico: Marcelo Oliveira.

Ponte Preta: João Carlos, Jeferson, Fábio Ferreira, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior e Cristian; Felipe Azevedo (William Pottker - 22'/2°T), Clayson (Thiago Galhardo - Intervalo) e Roger (Wellington Paulista - Intervalo). Técnico: Eduardo Baptista.