Edcarlos, zagueiro do (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação)

(Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação)

LANCE!
09/12/2016
18:52
Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG iniciou a limpa em seu elenco para a próxima temporada. Dois zagueiros foram liberados pela diretoria e pela comissão técnica chefiada por Roger Machado. Ronaldo e Edcarlos não fazem parte dos planos para 2017.

Contratado a pedido do técnico Marcelo Oliveira, demitido há pouco mais de duas semanas, Ronaldo rescindiu o seu compromisso com o clube dois dias após a finalíssima da Copa do Brasil. Pouco utilizado, ele não convenceu diretoria e tampouco comissão técnica.

Edcarlos, por outro lado, permaneceu em Belo Horizonte por três anos. Avalizado por Paulo Autuori em janeiro de 2014, o defensor conquistou três títulos durante a sua passagem pela Cidade do Galo. Ele foi campeão da Recopa Sul-Americana, da Copa do Brasil e do Campeonato Mineiro.

Após receber informação sobre a sua saída, o zagueiro utilizou o perfil no Instagram para se despedir da torcida alvinegra:

- Chegou a hora da minha despedida. Momento difícil. Afinal, foram 3 (três) anos vestindo a camisa do Atlético. Mas o futebol é assim mesmo. O importante é saber que, ao longo desse tempo, procurei honrar o peso dessa camisa. Em nenhum momento, seja como titular ou no banco de reservas, jamais desanimei. Corri, suei a camisa, dei o máximo de mim. Foram 69 jogos, 4 (quatro) gols inesquecíveis. Fiz parte de um grupo vitorioso. Juntos, conquistamos a Recopa Sul-Americana (2014), a tão sonhada Copa do Brasil (2014), o campeonato mineiro (2015) e a Flórida Cup (2016). A cada um de vocês, massa do Galo, obrigado de coração. Essa torcida é mesmo emocionante - escreveu.

- A cada um dos companheiros que tive o privilégio de trabalhar, valeu demais. Vocês foram vitoriosos. À diretoria do clube, obrigado pela confiança, pelo respeito e por ter acreditado em mim. Saio de cabeça erguida. Gostaria de ter ajudado mais. Mas nem sempre conseguimos realizar tudo o que desejamos. Louvo a Deus pelo dom da vida, pela saúde e pela oportunidade de fazer o que amo. Jogar futebol. Onde estiver estarei torcendo pelo sucesso desse grande clube chamado Atlético Mineiro - acrescentou.