LANCE!
12/06/2016
17:59
Belo Horizonte (MG)

A tarde deste domingo marcou a estreia de Fred com a camisa do Atlético-MG, mas quem chamou a atenção foi um jogador que está em Belo Horizonte desde janeiro do ano passado. Giorgian De Arrascaeta teve uma atuação magistral e garantiu a vitória do Cruzeiro, por 3 a 2, sobre o arquirrival no estádio Independência, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.


Com o resultado obtido no Campo do Horto, a Raposa chega aos oito pontos conquistados em 21 possíveis e alcança a 14ª colocação do torneio. Os comandados de Paulo Bento empurram o arquirrival para a zona de rebaixamento (17ª posição). O Galo permanece com sete pontos na classificação.


O primeiro tempo já dava indícios de que seria um jogo bastante tenso. Logo na primeira jogada, Marcos Rocha foi parado por Bryan com uma gravata na beirada do campo. O lance não acarretou em falta ou cartão, mas, sim, em bronca do árbitro Marcelo Aparecido de Souza. O futebol apareceu somente depois da décima volta do ponteiro dos segundos.

O Atlético teve a sua primeira chance de perigo em cobrança de falta. Carlos foi derrubado por Lucas na entrada da área. Na cobrança de falta, Rafael Carioca enganou todo mundo e mandou rasteiro, no canto esquerdo de Fábio. A partir daí, foi a hora de Arrascaeta brilhar. O uruguaio armou boa jogada na ponta direita e entregou para Alisson balançar a rede de Victor e igualar o marcador. A atuação de Fred se restringiu a uma cabeçada sem muita força, passes de lado e lances sem perigo.

Na volta do intervalo, Marcelo Oliveira mudou a formação do Galo. O treinador colocou Carlos César na vaga de Júnior Urso e deixou Patric no meio de campo. A alteração não surtiu efeito e quem seguiu brilhando foi Arrascaeta. O camisa 10 driblou Gabriel e tentou encobrir Victor. Na sobra, Riascos marcou.

O Galo não demorou muito para alcançar a igualdade. Em boa trama de Robinho e Patric, Fred – o estreante da tarde – deixou a sua marca e celebrou bastante ao lado da torcida atleticana, mesmo que fosse alvo de xingamentos dos cruzeirenses. Logo após o tento assinalado pelo camisa 99, os jogadores discutiram na beira do gramado, o que acarretou nas expulsões de Bryan e Marcos Rocha.

Pouco tempo após as expulsões, Bruno Rodrigo recebeu passe do nome da partida – Giorgian De Arrascaeta – e balançou a rede de Victor. Foi o suficiente para garantir a vitória do Cruzeiro no confronto. O mandante se jogou para frente, sobretudo após as expulsões de Lucas e Lucas Romero, mas não conseguiu balançar a rede adversária.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 X 3 CRUZEIRO

Local: estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 12/6/2016 (domingo) – às 16h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido R de Souza (SP)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG/Fifa) e Pablo Almeida da Costa (MG)
Público / Renda: 19.484 / R$ 616.736,00
Cartões amarelos: Robinho, Fred, Gabriel (Atlético-MG); Lucas, Bruno Viana, Alisson, Henrique (Cruzeiro)
Cartões vermelhos: Marcos Rocha (Atlético-MG); Bryan, Lucas, Lucas Romero (Cruzeiro)

Gols: Rafael Carioca – 14’/1ºT (1-0); Alisson – 19’/1ºT (1-1); Riascos – 4’/2ºT (1-2); Fred – 11’/2ºT (2-2); Bruno Rodrigo – 17’/2ºT (2-3)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Patric; Rafael Carioca, Leandro Donizete e Júnior Urso (Carlos César – Intervalo); Robinho (Clayton – 18’/2ºT), Carlos (Carlos Eduardo – 31’/2ºT) e Fred. Técnico: Marcelo Oliveira.

CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Bruno Rodrigo, Bruno Viana e Bryan; Henrique, Romero e Alisson (Allano – 17’/2ºT); Giorgian De Arrascaeta, Riascos e Élber (Bruno Ramires – 24’/2ºT). Técnico: Paulo Bento.