icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
31/08/2015
17:30

Com uma rápida adaptação ao Atlético-MG, o lateral-esquerdo Mansur garante estar feliz da vida no clube mineiro. E projetando fazer sua estreia no duelo da próxima quarta-feira, com o Atlético-PR, em Minas, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o jovem jogador, que estava defendendo o Vitória, falou sobre esse bom momento que vive na carreira.

- Desde que cheguei aqui procurei trabalhar muito para ficar à disposição da comissão técnica o quanto antes. Estou ansioso por essa estreia e espero estar pronto já neste jogo com o Atlético-PR. Vivo um momento muito especial em minha carreira e quero aproveitar da melhor maneira para ajudar o Atlético - afirmou.

De acordo com o atleta, o elenco alvinegro é muito forte e vai brigar pelo título brasileiro até o fim da temporada.

- Esse grupo do Atlético é muito forte e tem provado isso durante a temporada. O elenco vem fazendo uma Série A muito regular e vai brigar por esse título brasileiro até o fim, não tenho dúvida disso.

Com uma rápida adaptação ao Atlético-MG, o lateral-esquerdo Mansur garante estar feliz da vida no clube mineiro. E projetando fazer sua estreia no duelo da próxima quarta-feira, com o Atlético-PR, em Minas, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o jovem jogador, que estava defendendo o Vitória, falou sobre esse bom momento que vive na carreira.

- Desde que cheguei aqui procurei trabalhar muito para ficar à disposição da comissão técnica o quanto antes. Estou ansioso por essa estreia e espero estar pronto já neste jogo com o Atlético-PR. Vivo um momento muito especial em minha carreira e quero aproveitar da melhor maneira para ajudar o Atlético - afirmou.

De acordo com o atleta, o elenco alvinegro é muito forte e vai brigar pelo título brasileiro até o fim da temporada.

- Esse grupo do Atlético é muito forte e tem provado isso durante a temporada. O elenco vem fazendo uma Série A muito regular e vai brigar por esse título brasileiro até o fim, não tenho dúvida disso.