Evandro/Bruno Schmidt supera melhor dupla da atualidade e leva título da etapa de Varsóvia

Bruno Schmidt e Evandro celebram a conquista na Polônia (Foto: Divulgação/FIVB)

LANCE!
16/06/2019
13:58
Varsóvia (POL)

Os brasileiros Evandro e Bruno Schmidt conquistaram neste domingo o título da etapa quatro estrelas de Varsóvia (POL) do Circuito Mundial de vôlei de praia e recolocaram o país no topo do pódio. Foi o primeiro ouro verde e amarelo entre os homens nesta edição do torneio, após as trocas de duplas recentes, e também a primeira taça da parceria, formada em fevereiro deste ano.

Na decisão, eles derrotaram os noruegueses Mol e Sorum de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 11-21, 21-17 e 15-12. Os adversários lideram o ranking mundial e haviam vencido três das cinco etapas que disputaram na temporada.

Mais cedo, Evandro e Bruno bateram os russos Semenov e Leshukov, pelas semifinais, por 2 a 0, com parciais de 21-11 e 21-18.

– Começamos a partida muito abaixo do que podemos apresentar, em um ritmo que não é o nosso. Estava errando muitos levantamentos, o Bruno com dificuldades no ataque por conta disso, tanto que foi um placar dilatado. No segundo set, nos encontramos, conseguimos colocar o nosso jogo, o que fazemos de melhor, Bruno defendeu bolas importantes e nos conectamos com a partida. No tie-break, sacamos muito bem e isso fez a diferença. Bruno conseguiu ter uma leitura boa dos ataques, abrimos uma vantagem e mantivemos até o final – analisou Evandro.

O resultado fará com que os brasileiros ampliem a vantagem na corrida olímpica interna para os Jogos de Tóquio-2020. Eles somam agora 3.040 pontos. Na segunda colocação, dois times estão empatados com 2.080 pontos: Pedro Solberg/Vitor Felipe e Alison/Álvaro Filho. André Stein/George está em quarto, com 1.840. Guto/Saymon fecham a lista, com 960 pontos. Cada país pode ter no máximo dois times por naipe na Olimpíada.

Com a conquista, o Brasil deixou Varsóvia com duas medalhas. No sábado, Ágatha e Duda venceram Carol Solberg e Maria Elisa e ficaram com o bronze.

O próximo desafio das duplas do Brasil no cenário internacional ocorre a partir do dia 28 deste mês, em Hamburgo (ALE), com a disputa da Copa do Mundo. A competição é realizada a cada dois anos e é o principal evento da modalidade com exceção dos Jogos Olímpicos. Serão oito duplas brasileiras em ação na Alemanha - quatro em cada gênero.