Bruno César Vasco x Fluminense

Bruno César marcou o segundo gol do Vasco no clássico com cobrança de falta (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Luiza Sá
24/07/2019
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Com três vitórias, dois empates e uma derrota, o trabalho do técnico Vanderlei Luxemburgo é considerado positivo no Vasco. A evolução vista em campo com a identidade do treinador é clara. No entanto, o Cruz-Maltino ainda luta para aumentar o repertório na hora de marcar os gols. Os oito feitos até o momento sob o comando de Luxa nasceram de bolas aéreas, cobranças de pênaltis ou faltas.

De acordo com números do site "Footstats", o Vasco já finalizou 140 vezes ao longo das 11 rodadas do Campeonato Brasileiro. São 51 chutes certos e 89 errados no total. Dessas, 77 foram dentro da área, 63 fora dela e 26 de cabeça. Na origem do chute, 76 saíram depois de passes, 19 de cruzamentos, 11 faltas, três pênaltis e 10 de escanteios.

Isso tudo, porém, sem contar muito com o brilho dos homens de frente da equipe. Ainda em busca de um camisa 9 após a saída de Maxi López, o Cruz-Maltino já teve gols marcados pelos zagueiros, laterais, volantes, meias, mas apenas um de atacante, o jovem Tiago Reis, que não é titular. O Vasco continua no mercado em busca de uma solução. Atualmente, Valdívia e Marrony foram improvisados no setor. Ribamar está fora dos planos.

Fica como fator positivo o poder aéreo do Cruz-Maltino. Além disso, a cobrança para que as faltas sejam melhor batidas é constante. No clássico contra o Fluminense, no último sábado, o meia Bruno César acertou um chute no ângulo, algo creditado como fruto do trabalho com o auxiliar Ramon Menezes, que era referência no quesito enquanto jogador.

- O Ramon tem nos ajudado bastante nesta questão. Está sempre pegando no nosso pé para chegar um pouco mais cedo para bater falta. Eu, Valdívia, Danilo, Fellipe Bastos, Andrey, Pikachu... Todo mundo ali - disse Bruno César em entrevista à "Vasco TV".

Relembre os gols do Vasco na Era Luxemburgo:

Vasco 1x1 Avaí

Aos 36 minutos do segundo tempo, Ricardo marca de cabeça após cruzamento de Rossi.

Fortaleza 1x1 Vasco
Yago Pikachu marca de pênalti aos 26 minutos do segundo tempo.

Vasco 2x1 Internacional
Após jogada trabalhada, Rossi cruza na área, a zaga rebate e Andrey chuta da entrada da área aos 43 minutos do primeiro tempo.

Danilo Barcelos bateu a falta na trave e Tiago Reis apareceu de cabeça no rebote para marcar aos 47 minutos do primeiro tempo.

Vasco 1 x 0 Ceará
Após escanteio de Valdívia, Werley tentou cabecear, o goleiro espalmou e Danilo Barcelos completou para o gol aos 34 minutos do segundo tempo.

Grêmio 2x1 Vasco
Aos 14 minutos do primeiro tempo, Yago Pikachu abriu o placar para o Vasco.

Vasco 2x1 Fluminense
Após cobrança de falta, um bate-rebate na área resultou no gol de Leandro Castan aos 21 minutos do segundo tempo.

Aos 30, foi a vez de Bruno César acertar uma cobrança de falta no ângulo para garantir a vitória vascaína.

placeholder