vasco x fluminense

Vanderlei Luxemburgo obteve a terceira vitória no Estádio de São Januário (Rafael Ribeiro/Vasco)

LANCE!
22/07/2019
16:07
Rio de Janeiro (RJ)

Aos 67 anos, Vanderlei Luxemburgo é um dos técnicos mais vitoriosos do futebol brasileiro. A carreira e as histórias do treinador são conhecidas, mas a missão no comando do Vasco é diferente. Há dois meses na equipe cruz-maltina, ele entende que o trabalho, em São Januário, é mais amplo dos que já teve em outras equipes.

- Tem que ser um todo, mas o trabalho no Vasco é diferente, é de recuperação. Estamos aqui para reestruturar o clube, levar pra o alto nível. O Vasco vem de rebaixamentos e sem credibilidade. Mas existe a tendência, no momento, de os poderes do clube se unirem para criar um projeto. A coisa deu uma caminhada - avaliou o treinador, em entrevista ao canal por assinatura ESPN Brasil.

A rotina do treinador inclui conversas com o diretor executivo de futebol, André Mazzuco, e com o presidente do clube, Alexandre Campello. E Luxemburgo vê uma sinergia acontecendo entre jogadores, torcida e diretoria, apesar dos problemas e da constante crise financeira.

- Temos que acertar o time dentro da sua limitação. O Vasco está se recuperando emocional e estruturalmente, junto com a torcida, com a diretoria. Há uma série de coisas em reconstrução. Tem que ser com calma. Time mais ofensivo não cabe agora, para não ficar tomando pancada toda hora - explicou, antes de completar:

- Arrumei a defesa e um meio-campo forte. Um jogador de velocidade para puxar contra-ataque também. Era importante encontrar um modelo para o Vasco. Não temos time para ser agressivos, jogando o adversário para trás. Tenho que trabalhar com o que eu tenho. Marcar forte, adiantar a marcação, mas saber que nosso equilíbrio está no meio-campo e defesa - concluiu.

placeholder