Hugo Borges - Vasco

Hugo Borges deixou o Vasco no ano passado rumo ao Corinthians (Rafael Ribeiro/ Vasco)

Felippe Rocha
27/07/2020
08:30
Rio de Janeiro (RJ)

A torcida do Vasco talvez nem se lembre, mas Hugo Borges é um centroavante revelado na base cruz-maltina. Mais um que deixou o clube sem receber tudo que lhe era devido. Hoje jogador do Corinthians, ele entrou com processo contra o clube formador, mas chegou a acordo e, agora, está na fila de credores do Ato Trabalhista.

O início do processo foi ainda no final do ano passado. Nas últimas semanas, caberia ao clube de São Januário apresentar à justiça os comprovantes dos pagamentos reclamados. Eram salários e férias de diferentes anos, além de multas e outros encargos.

Os valores não foram revelados, mas o acordo foi considerado satisfatório para ambas as partes. Hugo Borges disputou apenas uma partida como profissional, em 2018. Deixou o clube em abril do ano passado e ainda tem 40% dos direitos econômicos ligados ao Cruz-Maltino. Do Corinthians, foi emprestado para o Jorge Wilsterman, da Bolívia, até agosto deste ano.

O Ato Trabalhista consiste num acordo da instituição, no caso o Vasco, com a Justiça especializada. Cabe ao clube pagar parcelas mensais, que são distribuídas aos credores nas respectivas proporções. O Cruz-Maltino, contudo, teve a exigência de pagamento suspensa no período da pandemia.