Alexandre Campello - Vasco

Vasco parcelou dívida com funcionários (Foto: David Nascimento)

Luiza Sá
16/07/2019
14:38
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco chegou a um acordo com os funcionários para pagar as dívidas relativas a 2017, quando estava sob a gestão de Eurico Miranda. Devendo dezembro, 13º e férias daquele período, o clube começará a acertar a pendência de forma parcelada a partir da folha de agosto. A informação foi dada inicialmente pelo site "Globo Esporte" e confirmada pelo LANCE!.

Quem recebe até R$ 1 mil, terá o que é devido em duas vezes. Aqueles que ganham entre R$ 1 mil e R$ 5 mil vão receber em quatro vezes. Já quem recebe acima de R$ 5 mil, receberá em até seis vezes.

Aos funcionários, a atual gestão do Vasco ainda está devendo os meses de maio e junho (este último vence apenas no dia 20). Na última sexta-feira, o clube pagou um mês de CLT aos jogadores, mas não acertou os direitos de imagem. Com os atletas, portanto, ficam abertos a imagem de maio e CLT e imagem de junho, que ainda podem ser pagos em dia.

Com o empréstimo de R$ 20 milhões aprovado recentemente, a diretoria pretende acertar todos os atrasos. A expectativa é que a partir de agosto o cenário financeiro melhore, já que entrará no caixa as cotas de televisão.

placeholder