Vasco x Oriente Petrolero - Abel Braga

Vasco teve dez dias de intervalo entre a partida da Sul-Americana e da Taça Rio (Foto: MAURO PIMENTEL / AFP)

Luiza Sá
24/02/2020
05:00
Rio de Janeiro (RJ)

Depois de duas classificações nas últimas semanas, na Copa do Brasil e na Sul-Americana, o Vasco terá, a partir desta segunda-feira, mais cinco dias de treinamentos antes de voltar a entrar em campo, no sábado, pela estreia da Taça Rio. Além do tempo para o técnico Abel Braga acertar o time, que terá a entrada de Fredy Guarín, o Cruz-Maltino precisará lidar com outro fator importante: a insatisfação dos jogadores por conta dos salários atrasados. 

Na última sexta-feira, o grupo se reuniu com o diretor executivo de futebol André Mazzuco para cobrar a direção sobre os débitos. Atualmente, o Vasco deve aos atletas a segunda metade do 13º, dezembro, janeiro, férias e cinco meses de direitos de imagem - este último apenas para alguns do elenco cruz-maltino. Além disso, o grupo abriu a possibilidade de parar de dar entrevistas como forma de protesto. Este ainda não está confirmado, mas os jogadores optaram por não falar no desembarque após a classificação na Bolívia já com este pensamento.

A assessoria de imprensa vascaína ainda não divulgou a programação semanal - inclusive, costuma avisar os horários das atividades apenas no dia anterior a cada uma delas. Mas existe a expectativa de que a primeira coletiva seja na quarta ou apenas na sexta-feira. O plantel sempre evitou fazer críticas públicas neste sentido. No ano passado, ainda com Alberto Valentim, houve a possibilidade de um protesto em que não tivesse concentração antes de uma partida, mas não se concretizou.

Dentro de campo, a principal mudança é Guarín. O volante demorou até acertar a permanência no Vasco e não estava inscrito na Sul-Americana. Portanto, fará a estreia contra o Resende, no próximo dia 29, pelo segundo turno do Estadual. No início da temporada, Abel tinha a ideia de um time que atua mais com a posse de bola e propõe o jogo. Apesar disso funcionar no começo, o time teve dificuldades para manter. Com o colombiano, a ideia é aumentar a qualidade no meio.

A entrada de Guarín deve culminar na saída de Marcos Júnior, que não vem tendo boas atuações. A tendência é que Abel continue, pelo menos no primeiro momento, com Andrey e Raul.

Até o momento, o Vasco tem três vitórias, três empates e três derrotas. Dois desses revezes foram com o time reserva, formado em maioria por jovens da base vascaína. A única partida com um nível de dificuldade mais alto foi justamente com os jovens, contra o Botafogo, já que o clássico com o Flamengo foi contra a equipe sub-23. O Oriente Petrolero (BOL), apesar de ter sido pela Sul-Americana, se mostrou um adversário fraco. Foram seis gols marcados em nove jogos. Quatro de Cano e dois de Werley.

placeholder