icons.title signature.placeholder Gabriel Matturo e Guilherme Abrahão
28/01/2014
06:25

Nos tempos de Goiás, clube no qual atuou até 2013, Walter tinha como meta chegar aos 90 quilos para estar no auge físico e manter o bom nível. Peso bem distante dos 106 com que chegou ao Fluminense neste mês. Em conversa com o LANCE!Net, Róbson Gomes, preparador físico do clube esmeraldino, revelou que o atacante nunca atingiu tal meta.

– Walter é um jogador que tem uma facilidade para ganhar peso e uma dificuldade para perder. Nós fizemos uma série de estudos e sempre buscamos motivá-lo. A ideia sempre foi buscar um peso em que ele pudesse se sentir bem e manter o alto nível do seu futebol. Nossa ideia era aproximá-lo dos 12% ou 13% de gordura no corpo, mas nunca chegamos a este número. Passamos perto  – explicou Róbson.

E MAIS
- Jean defende zaga tricolor e coloca a responsabilidade para os 11 titulares

Conforme o técnico Renato Gaúcho admitiu, o atacante chegou ao Fluminense pesando 106 quilos. Em 15 dias de trabalho para a redução das medidas, conseguiu perder 2,5 quilos. Ainda assim, precisa eliminar pelo menos mais dez na luta contra a balança.

Walter tem 1,76m de estatura e é considerado com porte físico avantajado. Mesmo se chegar aos 90 quilos, ainda estará acima do ideal. O índice de massa corporal do jogador (ver mais na tabela abaixo) está em 33,24, o que configura uma situação de obesidade.

Com base nos números do índice de massa corporal, o atacante, pela estatura, deveria pesar entre 57 e 77 quilos para estar no peso ideal. Mesmo se chegar aos 90, como era considerado ideal no Goiás, Walter estará acima do peso. Mas por se tratar de um atleta com dificuldades para emagrecer, o resultado será satisfatório.

No Fluminense, as metas do jogador e da comissão técnica não são divulgadas.