Gabriel Santos
10/01/2021
18:56
São Paulo (SP)

O São Paulo perdeu para o Santos por 1 a 0, na tarde deste domingo, no Morumbi. Porém, o episódio da discussão do técnico Fernando Diniz com o volante Tchê Tchê ainda foi assunto na entrevista coletiva após o clássico. O entrevero aconteceu na derrota para o Red Bull Bragantino, por 4 a 2. 

Manchester United quer estrela do Dortmund, goleiro do Milan perto de renovação… Veja o resumo do fim de semana do mercado

Diniz disse que pediu desculpas ao elenco e também para o volante do Tricolor. Segundo o comandante, foi um erro que ele cometeu, expondo o grupo. 

VEJA A SITUAÇÃO DO SÃO PAULO NO BRASILEIRÃO

- Em relação ao Tchê Tchê, é um problema que estamos resolvendo internamente. Foi uma exposição. Conversei com o Tchê Tchê e com o grupo, e agora temos que andar para frente. Foi um erro que cometi. Pedi desculpas ao Tchê Tchê e ao time por tê-los exposto pela maneira como agi - afirmou, em entrevista coletiva. 

Ele afirmou também que o episódio pode ser usado para fortalecer a relação entre o elenco e a comissão técnica com o objetivo de levantar o título do Brasileirão, que não vem desde 2008. 

- A culpa tem uma curva que é benéfica, saudável, e depois traz prejuízo. Agora, é olhar para frente e temos que crescer como time, não afrouxar. Aquele episódio tem que servir para a gente ter relações melhores do que já tinha até o episódio acontecer - finalizou Diniz.

O São Paulo  volta a campo no próximo domingo, contra o Athletico-PR, às 16h (de Brasília), na Arena da Baixada.

Diniz - Coletiva
Diniz falou sobre discussão com Tchê Tchê (Foto: Divulgação)