Chapa Marco Aurélio Cunha, Roberto Natel, Sylvio de Barros

Marco Aurélio Cunha, Fernando Casal de Rey (ex-presidente), Roberto Natel e Sylvio de Barros - FOTO: Divulgação

LANCE!
11/07/2020
15:24
São Paulo (SP)

A convenção que definirá o adversário de Julio Casares na eleição presidencial do São Paulo foi marcada para o dia 8 de agosto. Nesta data, em local ainda a ser definido, um grupo de conselheiros escolherá entre Marco Aurélio Cunha, Roberto Natel e Sylvio de Barros. Até o dia 5, data final para inscrição da pré-candidatura, podem aparecer novos nomes ou ocorrer desistência de um dos três.

O candidato à presidência do Conselho Deliberativo por esta chapa já é nome de consenso: Marcelo Marcucci Portugal Gouvêa, filho do ex-presidente Marcelo Portugal Gouvêa, morto em 2008.  Este movimento fez com dois pré-candidatos a este cargo migrassem para o lado de Casares: Homero Bellintani Filho e José Roberto Ópice Blum.

O candidato à presidência do Conselho na chapa "Juntos pelo São Paulo", de Casares, é Olten Ayres de Abreu Junior. Eles, inclusive, já divulgaram o plano de gestão.

Os dois lados fazem críticas ao atual presidente, Carlos Augusto de Barros e Silva, e dizem fazer oposição. Leco, que não pode se reeleger, até agora não manifestou apoio a ninguém.

As eleições do São Paulo estão marcadas para dezembro. Em novembro, haverá assembleia de sócios para escolher 100 conselheiros. No total, serão 253 conselheiros aptos a votar para definir o próximo presidente - há sete vagas para conselheiro vitalício que só serão preenchidas caso mais três morram ou renunciem, já que estas cadeiras são preenchidas de dez em dez.