Wagner Leonardo

Antes de entrar contra Galo e São Paulo, Wagner tinha apenas 18 minutos em campo (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Fábio Lázaro
13/09/2020
15:00
Santos (SP)

Após um ano e meio de espera, o zagueiro Wagner Leonardo voltou a ganhar minutos em campo pelo Santos. No empate em 2 a 2 contra o São Paulo, no último sábado (12), na Vila Belmiro, pela décima rodada do Brasileirão, entrou durante a segunda partida consecutiva. No entanto, para o jogador o clássico já é página virada, e o foco agora é a Copa Libertadores da América.

No dia seguinte ao San-São, o elenco santista já se reapresentou no CT Rei Pelé, com os titulares contra o Tricolor realizando um trabalho regenerativo. Nesta terça-feira (15), o Alvinegro retoma a sua campanha no principal torneio continental, contra o Olimpia (PAR), às 21h30, pela terceira rodada do grupo G, no qual o Peixe é líder com 100% de aproveitamento.

– Sabemos que clássico é decidido nos detalhes. Foi assim no jogo deste sábado. Agora vamos levantar a cabeça e seguir para os próximos objetivos, como a Libertadores, na terça-feira – afirmou Palha, como é chamado, via assessoria.

O zagueiro também mencionou a sequência intensa de jogos que o Santos teve. Nas últimas duas semanas, o clube jogou todos os meios e fins de semana. Entre o San-São e o duelo pela Libertadores, por exemplo, serão 70 horas de espaço.

– Sequência de jogos vem sendo intensa. Quase não tem tempo para descansar – completou o jogador.

Pela competição continental, o Peixe já venceu o Defensa y Justicia (ARG), na estreia, fora de casa, e o Delfin (EQU), pela segunda rodada, na Vila Belmiro, no dia 10 de março, até o então último jogo do Alvinegro pela Libertadores.