Diego Pituca

Pituca foi um dos melhores do Santos no empate contra o Grêmio (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Fábio Lázaro
15/12/2020
16:28
Santos (SP)

Expulso na última quarta-feira (09), no confronto de ida das quartas de final de final da Libertadores, contra o Grêmio, em Porto Alegre, o meia Diego Pituca ainda pode ficar á disposição do Santos no jogo de volta, nesta quarta-feira (16), às 19h15, na Vila Belmiro. Isso, porque a diretoria santista entrou com um pedido de anulação do primeiro cartão amarelo recebido pelo jogador na arena gremista. 

A informação foi publicada inicialmente pelo "A Tribuna" e confirmada pelo LANCE!

Para o Santos, o árbitro paraguaio Juan Benitez foi muito rigoroso na aplicação do cartão amarelo a Diego, aos 38 minutos do primeiro tempo, em uma dividida com Pinares, onde inicialmente o jogador gremista foi expulso, mas após consulta ao VAR, Benitez anulou a decisão inicial e ainda puniu o atleta santista. O segundo cartão recebido pelo meia do Peixe foi já nos acréscimos da partida, em uma entrada no atacante Ferreira.

O Alvinegro aguarda a resposta da entidade máxima do futebol sul-americano antes do confronto desta quarta-feira (16). Caso o parecer da Conmebol seja favorável ao Peixe, Diego Pituca poderá jogar o segundo confronto das quartas de final.

O duelo diante do Grêmio, inclusive, pode ser um dos últimos do jogador com a camisa do Peixe, que recebeu uma proposta do Kashima Antlers (JAP) pelo meia. Tanto o Comitê de Gestão, quanto o Conselho Fiscal aceitaram a proposta, que será votada pelo Conselho Deliberativo nesta quinta-feira (17). Putuca ainda avalia se aceita a oferta.