Pará - Santos x Palmeiras

Pará foi importante na defesa na vitória do Santos contra o Palmeiras (Ivan Storti/Santos)

Arthur Faria
10/10/2019
00:50
Santos (SP)

O Santos, sem dificuldades, bateu o Palmeiras, 2 a 0, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória fez o Peixe roubar a vice-liderança do rival.

O jogo era uma prova de fogo ao elenco do técnico Jorge Sampaoli. O Santos não tinha Ferraz, desgastado, Evandro, suspenso, e Soteldo, com a seleção venezuelana. E os substitutos deram conta do recado.

Pará, substituto do primeiro, sofreu pouco com o lado esquerdo do Palmeiras durante todo o jogo. O lateral-direito conseguiu neutralizar as jogadas de Willian e Dudu, além de ganhar todas as divididas com Carlos Eduardo. Marinho, que entrou no lugar de Soteldo, marcou o segundo gol do Alvinegro e deu trabalho a Diogo Barbosa.

TABELA
>Veja a classificação e o simulador do Brasileirão clicando aqui

Tailson, aos poucos, vai mostrando que pode ser uma peça principal na equipe de Sampaoli principalmente para o Paulista 2020. O camisa 39 não sentiu o peso de um clássico, partiu para cima de Marcos Rocha e foi incisivo no ataque.

No segundo tempo, já com 2 a 0 nas mãos, o Santos só administrou e não deixou o Palmeiras criar chances. O Peixe, assim como contra o CSA, diminuiu o ritmo e se defendeu.  

Nas estatísticas, o Santos também sobrou. Foram 15 chutes, com seis em direção a Jaílson, além de 57% de posse de bola. O Peixe também trocou quase 500 passes. 

Contra o Internacional, neste domingo, às 16h, no Beira-Rio, pela 25ª rodada do Brasileiro, o Santos terá de mostrar novamente que tem elenco para seguir na cola do líder Flamengo. Sánchez está suspenso e Soteldo segue na seleção venezuelana.