LANCE!
24/07/2020
19:24
Santos (SP)

O Santos tem 15 dias para apresentar a sua defesa no “Caso Éverson”. A princípio, o jogador pedida urgência no julgamento da ação, o que foi negado pelo juiz responsável pelo caso. A audiência do caso, portanto, ficou marada para o dia 24 de agosto.

No último domingo, o goleiro solicitou na Justiça do Trabalho a rescisão unilateral do seu contrato, alegando pendências financeiras que totalizam cerca de R$ 7 milhões.

A informação foi inicialmente publicada pela “Gazeta Esportiva” e confirmada pelo LANCE!.

De acordo com o entendimento do magistrado, o prazo para realização da sessão não trará prejuízos ao jogador.

Enquanto isso, Éverson é alvo do Atlético-MG, que monitora a situação do atleta. O técnico do Galo, Jorge Sampaoli, não só trabalhou com o jogador no Peixe, no ano passado, como foi um dos responsáveis pela sua contratação junto ao Ceará.

Everson
Éverson era titular no Santos, mas decidiu deixar o clube (Foto: Ivan Storti/Santos)