Diego Pituca - Santos

Quase intocável, Pituca foi titular em 27 jogos do Santos nesta temporada (Ivan Storti/Santos FC)

Arthur Faria
16/05/2019
06:00
Santos (SP)

O Santos já atuou 30 vezes nesta temporada. Somente em três jogos não contou com o meia Diego Pituca, que se tornou uma das peças principais do técnico Jorge Sampaoli em tão pouco tempo. 

Pituca, inclusive, vive a sua melhor sequência com o Santos, em 2019. Desde sua ausência contra o Atlético-GO, pela Copa do Brasil, em abril, o meia está há nove partidas sendo titular entre Paulistão, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Além da boa visão e organização tática do atleta, a polivalência chama atenção de Sampaoli. O argentino já utilizou o camisa 21 na lateral esquerda, de primeiro e segundo volante e até de armador. Pituca tem desbancado Alison, Carlos Sánchez e Jean Lucas.

Confira os três jogos que Pituca não atuou:

31/1 - Bragantino 1x4 Santos - Paulistão - suspenso
​2/3 - Santos 3x2 Oeste - Paulistão - opção técnica
​4/4 - Atlético-GO 1x0 Santos - Copa do Brasil - desgaste

A evolução na finalização também é cobrada pelo próprio Pituca e exaltada pela comissão técnica do Peixe. Antes um defeito, o meia já marcou três gols no ano contra Altos-PI, Red Bull Brasil e Vasco. 

Outro jogador que também já disputou 27 jogos é o lateral-direito Victor Ferraz, porém em um destes, o defensor entrou no segundo tempo. O duelo foi contra o Fluminense, pela segunda rodada do Brasileirão. 

Recentemente, Pituca renovou com o Santos até abril de 2023. A multa rescisória será de R$ 50 milhões para o futebol brasileiro e 50 milhões de euros para times do exterior (cerca de R$ 220 milhões). 

Pituca é uma das opções de Sampaoli para o clássico contra o Palmeiras, neste sábado, às 19h, no Pacaembu, pela quinta rodada do Brasileirão.