Cueva

Cueva jogou 16 jogos pelo Santos, mas não marcou gol (Foto: Ivan Storti/Santos)

Fábio Lázaro
14/02/2020
13:32
Santos (SP)

A Fifa autorizou o registro do meia Cueva com o Pachuca, mas reconheceu o direito do Santos em cobrar uma indenização do clube mexicano junto a entidade.

O peruano deixou o Peixe há dez dias, sem o consentimento da diretoria, e aguardava a liberação do órgão máximo do futebol para poder acertar com a equipe do México.

A diretoria alvinegra tentará obter a quantia de 100 milhões de euros (R$ 471 mi na cotação atual), valor da multa do jogador. No entanto, a Fifa possui um mecanismo que determina um valor a ser cobrado dentro da realidade do clube (no caso, o Pachuca), que no, caso, é 7 milhões de euros, preço investido pelo Santos na contratação do atelta. 

Cueva jogou pelo Santos em 2019 emprestado pelo Krasnodar-RUS, porém o contrato prevê compra obrigatória do Santos em três parcelas, a primeira a ser paga já em março.