Evandro - Santos

Evandro afirmou que processará o Santos por dívidas em salários (Ivan Storti/Santos FC)

LANCE!
23/06/2020
22:34
Santos (SP)

O ex-meia do Santos, Evandro, afirmou, em entrevista ao jornalista Ademir Quintino, que pretende processar o clube por conta das dívidas deixadas pela gestão no período em que permaneceu no Peixe. Segundo ele, valores referentes a salários, FGTS e direitos de imagem não foram depositados. 

- O Santos me deve bastante. São quatro (meses de direito) de imagem. A CLT está com problema, porque acabou não tendo acordo, não sei como está agora. O fundo de garantia não estava sendo depositado. Na última vez que olhei, estava em três, quatro meses em atraso. Vai ter que ser na Justiça. Acho difícil o Santos querer acertar com jogador que não joga mais pelo clube – afirmou. 

Mesmo com os valores em aberto, o meia garantiu que não queria deixar o clube e afirmou que abriria mão do bônus que receberia caso o clube demonstrasse interesse em ativar a cláusula de renovação por mais seis meses, prevista em contrato.

- Foi uma pena porque eu curti demais ter jogado no Santos. Não tenho mágoa nenhuma. Fiquei chateado por não ter ficado. Para todo mundo era muito mais fácil a minha permanência. O Santos está proibido de inscrever jogadores. Não seria um esforço absurdo financeiramente. Vou ser sincero: se me falassem "Evandro, por causa da pandemia nós queremos esse mais esse aditivo que tem no teu final do ano". Eu ficaria fácil. Não houve nem uma tentativa de negociação - finalizou.

Evandro chegou ao clube em julho de 2019, após passagem pelo Hull City, da Inglaterra. Ele disputou 23 jogos pelo Peixe e marcou um gol.