Soteldo - Santos x Santo André

Soteldo marcou o seu primeiro gol na temporada (Divulgação/Twitter Santos)

Fábio Lázaro
22/07/2020
21:29
Santos (SP)

Após quatro meses e oito dias sem entrar em campo, o Santos voltou a disputar uma partida oficial na noite desta quarta-feira, empatando em 1 a 1 contra o Santo André, na Vila Belmiro, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. 

O resultado não garante matematicamente a classificação do Santos às quartas de final da competição, pois aguarda a partida entre Água Santa e Mirassol, qu acontece nesta quinta-feira. Já o Ramalhão, com o resultado, confirmou a sua passagem para o mata-mata do Paulistão.

Primeiro Tempo

O Santos teve mais a bola no pé na etapa inicial, mas criou poucas chances de perigo. Diferentemente da postura do time antes da paralisação do Campeonato Paulista, por conta da pandemia do novo coronavírus, o ataque não se movimentou durante o primeiro tempo, com Soteldo aberto pela esquerda, Arthur Gomes pela direita e Kaio Jorge na área.

No meio campo, Carlos Sánchez movimentou-se pouco, atuando mais pelo lado direito. O seu único bom momento aconteceu aos 38 minutos, na única inversão de posicionamento do time nos 45 minutos iniciais, quando Diego Pituca, que atuava pela esquerda, apareceu pelo setor destro do gramado, esticou uma bola para Sánchez e apareceu como elemento surpresa, aberto, pela ponta canhota, arriscou o chute de primeira e mandou por cima do gol.

Enquanto isso, o Santo André dava bola para o adversário e esperava o momento certo para contra-atacar. Em um desses momentos, aos 18minutos, conseguiu um escanteio pela direita. Após a cobrança, Willian Goiano cabeceou na trave, a bola voltou na pequena área e mesmo com quatro santistas posicionados para o rebote, quem aproveitou foi o zagueiro Rodrigo, que abriu o placar para o Ramalhão.

E a situação que já estava ruim para o Santos, ficou pior aos 42 minutos, quando Sánchez, que já havia tomado cartão amarelo aos 25 minutos, por uma entrada no meia Rondinelly, após chegar atrasado, cometeu o mesmo erro, fez falta em Ricardo Luz, e foi expulso.

Mas, no último minuto do primeiro tempo, Soteldo, o melhor santista em campo na primeira etapa, buscando o jogo veloz pela esquerda, empatou a partida para o Alvinegro Praiano. O zagueiro Luan Peres destruiu a saída de jogo defensiva do Santo André, tocou para Kaio Jorge que serviu Soteldo na entrada da área, pelo lado esquerdo, que tirou da marcação e deu no contrapé do goleiro Ivan.

Segundo Tempo

Com um jogador a menos, o Santos teve muitas dificuldades no meio campo. Se na etapa inicial, embora tenha criado poucas chances, o time teve domínio territorial, no segundo tempo a equipe não conseguiu ter o mesmo êxito.

Jesualdo Ferreira voltou para a etapa final com Raniel no lugar de Arthur Gomes. O não atuou enfiado na área, mas movimentou-se na entrada dela. Em vão, pois a bola pouco chegou ao camisa 12.

O único momento de ligeiro perigo do Peixe na etapa final aconteceu aos dois minutos, quando Lucas Veríssimo, do campo de defesa, acionou Kaio Jorge entre os zagueiros do Ramalhão, que ganhou na corrida, mas finalizou mal e a bola se perdeu pela linha de fundo.

Nem mesmo a entrada de Marinho, no lugar de Kaio Jorge, aos 13 minutos, surtiu efeito. Logo no seu primeiro lance no jogo, fez o seu tradicional corte pro meio, atuando pela direita, e sofreu uma falta, mas, embora tenha se esforçada, o atacante não repetiu o “mini míssil”.

Enquanto isso, o Santo André trocava passes com calma, entendendo a inferioridade física, e as poucas chegadas foram com tiro de longa distância por cima do gol. 

SANTOS 1 X 1 SANTO ANDRÉ

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/hora: 22/07/2020, 19H15(de Brasília)
Árbitro: Thiago Luis Scarascati
Assistentes: Herman Brumel Vani e Vitor Carmona Metestaine
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Alison (Santos); Marlon e Douglas Baggio (Santo André)
Cartão vermelho: Carlos Sánchez (Santos)

GOLS: Rodrigo 18'/1T (0-1) e Soteldo 48'/1T (1-1)

SANTOS: Vladimir, Pará (Madson 29'/2T), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Arthur Gomes (Raniel 1'/2T), Kaio Jorge (Marinho12'/2ºT) e Soteldo. Técnico: Jesualdo Ferreira.

SANTO ANDRÉ:
Ivan; Ricardo Luiz, Willian Goiano, Rodrigo e Marlon; Nando Carandina, Branquinho (Guilherme Garré 16'/2T), Vitinho Schimidt e Rondinelly (Vitinho Mesquita 16'/2T); Ramon e Douglas Baggio. Técnico: Paulo Roberto Santos