Veiga

Veiga foi um dos autores dos gols da vitória do Verdão por 2 a 1 na Copa do Brasil (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!
11/05/2022
21:25
São Paulo (SP)

Na noite desta quarta-feira (11), o Palmeiras venceu a Juazeirense-BA por 2 a 1, mesmo placar do jogo de ida, no Estádio do Café, em Londrina-PR, e avançou para as oitavas de final da Copa do Brasil. Raphael Veiga, de pênalti, foi o autor do segundo gol e falou sobre o aproveitamento total que possui em cobranças de penalidades.

GALERIA

> ATUAÇÕES: Convocado, Danilo comanda classificação do Palmeiras 

TABELA

> Clique e confira a tabela completa e simulador da Copa do Brasil!

- O povo acha que eu fico tranquilo para bater… Sempre dá aquele frio na barriga, mas é algo que eu treino. Hoje a bola bateu na trave e entrou e, às vezes, também precisamos contar com a sorte. Estou tranquilo, confiante e quero agradecer todo o público que compareceu - disse o camisa 23.

Mesmo em grande fase no clube alviverde, sendo um dos principais nomes utilizados por Abel Ferreira, Veiga não recebe oportunidades na Seleção Brasileira de Tite. Nesta quarta, o técnico Tite convocou atletas para amistosos contra Coreia do Sul e Japão, e o jogador ficou novamente fora. 

A torcida palmeirense, inclusive, entoou um forte grito nas arquibancadas contra o comandante do time nacional durante o jogo.

Ao ser questionado sobre isso, o jogador ressaltou, otimista, que em algum momento o sonho irá se realizar.

- Eu tinha e ainda tenho expectativas de ir para a Seleção. Isso é um sonho, assim como ganhar a Libertadores e a Copa do Brasil também são sonhos. Todos esses eu tenho realizado. Por isso, acredito que o sonho da Seleção também irei realizar. Acredito muito em Deus e no tempo. Vou continuar fazendo meu trabalho e mantendo a minha paz. É legal o reconhecimento da torcida e me mostra que estou no caminho certo - concluiu.