Vinícius Faustini
26/03/2019
23:08
São Paulo (SP)

Coube ao Palmeiras honrar o epíteto de "imponente", constante de seu hino, para garantir sua vaga às semifinais do Paulistão. Contando com qualidade na bola aérea e uma etapa final na qual a troca de passes se sobressaiu, o Verdão atropelou o Tigre por 5 a 0, nesta terça-feira, em jogo de volta pelas quartas do Paulistão. Felipe Melo, Ricardo Goulart, Gustavo Scarpa (2) e Dudu asseguraram a vaga palmeirense no Pacaembu.

Com esta goleada e a eliminação do Red Bull Brasil, os alviverdes são a equipe com melhor campanha na competição. Diante disto, o Palmeiras terá como adversário o time com quarto melhor desempenho entre os semifinalistas, eliminando a possibilidade de Dérbi contra o Corinthians nessa fase. O rival será São Paulo, Ituano e Ferroviária, a depender de combinações nos dois outros confrontos desta quarta-feira. 

Pela via aérea!
Bastaram nove minutos para o Palmeiras comprovar que estava de cabeça boa no Pacaembu. Com toque de bola preciso, o alviverde abriu o placar logo em sua primeira oportunidade. Dudu cobrou escanteio e Felipe Melo subiu entre os zagueiros para abrir o placar. E em nova bola alçada pelo camisa 7, o Verdão ampliou: Deyverson deu desvio traiçoeiro e Ricardo Goulart, com o gol vazio, mandou para a rede.

Que tranquilidade...
Em vantagem, o Verdão manteve seu domínio e assustou em finalizações de Deyverson e Bruno Henrique. Mesmo diminuindo seu ritmo contra um Novorizontino que ensaiou uma reação com Jean Patrick e Lucas Ramon, a equipe de Luiz Felipe Scolari manteve-se segura.

VAR entra em cena
A polêmica não demorou a entrar em campo na volta do intervalo. Gustavo Scarpa avançou pela esquerda e a bola tocou no braço de Everton Sena dentro da área. Com a ajuda do VAR, o árbitro Vinicius Gonçalves Dias de Araújo sinalizou pênalti, em meio a reclamações de atletas do Tigre. Com calma, Scarpa cobrou no alto, deslocando Oliveira.

De mão cheia!
Embora tenha cadenciado seu ritmo e até visto Fernando Prass se desdobrar para espalmar chance de Murilo Henrique, o Palmeiras sobrou em campo. Após tabela com Scarpa, Deyverson foi derrubado na área. Dudu, que pediu para cobrar o pênalti, converteu com precisão. Mas ainda cabia mais diante de um Novorizontino prostrado. Após cobrança de lateral, Bruno Henrique esticou a Gustavo Scarpa, que bateu rasteiro e sacramentou uma goleada de mão cheia e honrou a imponência do Verdão.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 5 x 0 NOVORIZONTINO

Data-Hora:
26-03-19 - 21h
Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Arbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP) Nota L!: 6,0 - Acertou nos dois pênaltis para o Verdão. Porém, poderia coibir a violência de maneira mais incisiva.
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
Cartões amarelos: Cléo Silva e Dudu Vieira (NOV)
Público / Renda: 24.861 pagantes (26.706 presentes) / R$ 717.272,50
Gols: Felipe Melo, 5/1º T (1-0), Ricardo Goulart, 9/1º T (2-0), Gustavo Scarpa (pênalti), 4/2º T (3-0), Dudu, 14/2º T (4-0) e Gustavo Scarpa, 31/2º T (5-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique, Ricardo Goulart (Lucas Lima, 27/2º T) e Gustavo Scarpa; Deyverson (Arthur Cabral, 21/2º T) e Dudu. Técnico: Luiz Felipe Scolari

NOVORIZONTINO: Oliveira; Lucas Ramon, Everton Sena, Edson Silva e Paulinho; Adilson Goiano, Jean Patrick (Dudu Vieira, 33/2º T), Danielzinho (Carlinhos, 8/2º T) e Murilo Henrique; Cléo Silva e Felipe Marques (Paulinho Mocelin, 23/2º T). Técnico: Roberto Fonseca