Ricardo Goulart - Palmeiras

Ricardo Goulart durante treino do Palmeiras, na Academia de Futebol (Foto: Cesar Greco)

LANCE!
31/01/2019
10:00
São Paulo (SP)

O Palmeiras tem apenas uma vaga aberta na lista de inscritos do Campeonato Paulista, e Ricardo Goulart tem chances de ocupá-la. Depois da vitória sobre o Oeste, Luiz Felipe Scolari atualizou a condição do camisa 11, que se recupera bem de uma cirurgia no joelho direito, realizada em outubro. O reforço já faz, inclusive, algumas atividades com bola.

- Hoje (quarta), ele fez um primeiro treino com os companheiros e reagiu bem. Já reagiu bem no começo da semana a um trabalho mais forte e a reação do joelho foi normal. Pode ser que a gente ganhe uns 15 dias daquele projeto que era para março. Então vamos esperar para ver se esta semana ele continua evoluindo para colocá-lo em treinamento normal, daí vamos analisar com o departamento médico e de fisiologia se vale a pena colocar em algum jogo antes de começar a Libertadores - explicou o técnico.

Ricardo ‪Goulart passou por uma cirurgia de cartilagem do joelho direito em 25 de outubro. O prazo dado para volta em casos assim é de quatro a seis meses. Ou seja, a previsão mínima era de ter o jogador no fim de fevereiro. Agora, ele pode voltar até antes.

Os clubes têm até o dia 1º de março para completar a lista de inscritos da primeira fase. Portanto, o Palmeiras ainda pode aguardar mais algumas semanas para tomar a decisão. A estreia na Libertadores será no dia 6 de março, contra o Junior Barranquilla (COL).

Só é autorizada uma troca na lista da fase de grupos do Estadual caso algum jogador se lesione. Ou seja, se Bruno Henrique for negociado, sua vaga só poderá ser preenchida no mata-mata. Matheus Fernandes, contratado do Botafogo, não foi inscrito por conta do número restrito de 26 jogadores, enquanto Arthur Cabral, que por enquanto também está fora, recupera-se de problemas físicos.

- Arthur Cabral veio com problema de púbis, de lesão e temos de recuperar. A recuperação passa por trabalhos físicos, observação médica, para que daqui 20, 30 dias, esteja totalmente recuperado. Alguns jogadores que chegaram, tinham problemas e não vamos ficar passando a vocês. Vamos fazer o que temos de fazer - completou.