Base Palmeiras

Contra o Fluminense, Ramon Cesar, ao centro, marcou duas vezes, sendo uma de falta (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
21/02/2021
08:10
São Paulo (SP)

O Palmeiras já iniciou o planejamento para a próxima temporada, tanto na equipe profissional, quanto nas categorias de base. Mais uma vez, o Verdão deve ter uma boa safra oriunda da base para ser aproveitada no elenco de Abel Ferreira. Alguns deles já estão inseridos no grupo e podem aparecer mais, como Renan e Gabriel Silva. Outros nomes como Henri, Pedro Bicalho e Pedro Acácio também devem ganhar espaço.

>> Confira a classificação atualizada do Brasileirão e faça sua simulação

Entretanto, a categoria de base da equipe também vai sofrer com baixas. Além dos jogadores negociados com outros clubes, o Verdão tem atletas que estouraram a idade limite do sub-20. Nascidos em 2000, a geração não tem mais idade para disputar os torneios da temporada 2021.

Com o elenco mais jovem do Campeonato Brasileiro Sub-20, o Palmeiras teve média de idade do elenco inferior a 18,5 anos. Entre os mais de 50 atletas, apenas quatro estouraram a idade ao final da temporada e já não podem atuar nas categorias de formação. São eles: os zagueiros Carlos Eduardo e Helder; o ponta Valdenilson e o centroavante Aníbal. Além dos quatro, Esteves e Gabriel Menino bateram a idade limite, no entanto, ambos já estavam efetivados no plantel principal desde janeiro de 2020.

CARLOS EDUARDO:

Emprestado junto ao Vitória, o zagueiro Carlos Eduardo teve seu contrato de empréstimo rescindido após o término da temporada Sub-20, apesar das boas atuações e treinamentos com a equipe profissional.

Em São Paulo desde outubro de 2020, Carlos atuou em 19 jogos com a camisa do Palmeiras e foi capitão do time sub-20 em algumas oportunidades. O empréstimo tinha opção de compra com passe estipulado em R$ 5 milhões, equivalente a 50% dos direitos econômicos do atleta, e tinha validade até junho de 2021.

HELDER:

Companheiro de Carlos, capitão da equipe e figura conhecida nas categorias de base do Palmeiras, Helder também não permanece no clube para a temporada 2021. Canhoto de bom passe e de boa estatura (1,90m), o brasiliense foi emprestado ao Botafogo de Ribeirão Preto, para a disputa do Campeonato Paulista e consequentemente da Série C.

VALDENILSON:

Além de Helder, Valdenilson também integrará o plantel do Botafogo de Ribeirão Preto. O ponta chegou ao Verdão após ser destaque no Moto Club, na Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020. Lesionado em boa parte da temporada, fez apenas 1 gol em 9 partidas com a camisa alviverde. O contrato do atleta com o Palmeiras vai até fevereiro de 2022. Na Pantera da Mogiana, o jovem vai utilizar o nome Denílson.

ANÍBAL:

Aníbal é remanescente da geração consagrada de Alan, Patrick de Paula, Gabriel Menino e companhia, e para muitos deveria ter ganhado minutagem na equipe principal. Porém, o destino do jogador será outro. Na temporada 2021, o atacante vai vestir as cores do Vitória. Segundo o apurado pelo Globo Esporte e confirmado pelo Nosso Palestra, o contrato de empréstimo será válido até o final da temporada.

O centroavante tem vinculo com o Palmeiras até março de 2023. Com tudo certo para a contratação, o clube baiano ainda precisa quitar uma dívida para enfim anunciar oficialmente.