Ana Lúcia Gonçalves

Ana Lúcia Gonçalves subiu com o time no Campeonato Brasileiro no último domingo (Tatiane Marques/Divulgação)

LANCE!
23/07/2019
19:19
São Paulo (SP)

Dois dias depois de subir para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, o Palmeiras tomou uma decisão surpreendente. O clube informou nesta quarta-feira que demitiu a técnica Ana Lúcia Gonçalves e a supervisora Renata Pelegatti. O trabalho de ambas começou neste ano na formação do time, 100% na A2 do Brasileiro e classificado para a segunda fase do Campeonato Paulista da categoria.

- A Sociedade Esportiva Palmeiras comunica que a treinadora Ana Lúcia Gonçalves e a supervisora Renata Pelegatti não fazem mais parte da comissão técnica da equipe feminina de futebol do clube devido a uma readequação na filosofia de trabalho do departamento. O Palmeiras agradece as profissionais pelos serviços prestados e deseja sucesso no decorrer de suas carreiras - disse o Palmeiras, em nota oficial.

No domingo, Ana Lúcia Gonçalves foi erguida pelas jogadoras ao final da vitória por 5 a 1 sobre a Chapecoense, em Vinhedo, sede das partidas da equipe feminina. A goleada garantiu o time como semifinalista da A2 do Brasileiro e o acesso à elite com uma campanha irrepreensível: 100% de aproveitamento, com nove vitórias em nove partidas, 40 gols marcados e um sofrido.

No Campeonato Paulista da categoria, o Palmeiras também vai bem. Classificou-se para a segunda fase, acumulando três vitórias, quatro empates e três derrotas na fase inicial da competição. Está na chave de Santos, São José e São Paulo, sendo que os dois primeiros avançam às semifinais.

Sem técnica nem supervisora, o time feminino do Palmeiras se prepara para as semifinais da Série A2 do Campeonato Brasileiro, que já começam neste domingo. A equipe faz o confronto de ida diante do São Paulo, no Pacaembu, com mando tricolor, e define a vaga em casa.