Borja sai como herói do Junior Barranquilla contra o La Calera

Borja vive grande fase e tinha o desejo de permanecer em seu time do coração (Foto: Divulgação/Barranquilla)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
03/01/2021
11:30
São Paulo (SP)

Contratação mais cara da história do Palmeiras com mais de R$ 45 milhões gastos, Miguel Borja seguirá no Junior Barranquilla para a próxima temporada. Com contrato de empréstimo encerrado em dezembro de 2020, o atacante não estava nos planos do técnico do Verdão, Abel Ferreira, para 2021 e assinou um vínculo de mais seis meses com o clube colombiano.


>> Confira a tabela atualizada do Brasileirão 2020 e faça sua simulação
>> Veja 20 feras dos vizinhos sul-americanos que já podem assinar pré-contrato

Sabendo da vontade do atleta em permanecer no seu país natal, a diretoria do Junior solicitou que o artilheiro do futebol colombiano em 2020 seguisse vestindo as cores do time de coração. Para prorrogar o empréstimo, o Palmeiras fez novas exigências antes do aval final.

Diferentemente do que foi acordado no contrato antigo, o Verdão agora poderá negociar o atacante quando quiser, assim como também solicitar o seu retorno para o Brasil sem que o seu atual time possa fazer algo para impedir. Caso haja propostas de outros clubes, o Junior terá a opção de cobrir os valores se puder arcar com os custos.

Miguel Borja tem contrato com o Palmeiras até o final de 2022 e a diretoria alviverde tenta pelo menos recuperar um pouco do alto investimento (mais de R$ 45 milhões) no Rei da América de 2016. O camisa 9 nunca conseguiu se firmar com a camisa alviverde, mas vive boa fase na Colômbia, tendo marcado 20 gols em 36 jogos nesta temporada.