Gustavo Gómez Palmeiras

Gómez é o capitão do Verdão e quer erguer a taça neste sábado (30) (Foto: Divulgação/ Libertadores)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
29/01/2021
15:10
São Paulo (SP)

O Palmeiras está concentrado no Rio de Janeiro, onde enfrentará o Santos pela final da Libertadores, no próximo sábado (30) e, antecipando o grande jogo, foi feita, nesta tarde de sexta-feira (29), uma entrevista coletiva na qual o zagueiro palestrino Gustavo Gómez falou sobre o sonho de jogar uma partida tão importante quanto esta:

– É um orgulho para mim jogar e estar na final de uma Libertadores. É um sonho de todos os jogadores. Poucos chegam. É um orgulho. Quando cheguei aqui meu maior sonho era isso, tratar de chegar em uma final e poder conquistá-la. Eu trato de tentar sempre honrar meu país, é um orgulho ser paraguaio. Um paraguaio já esteve aqui e fez história, o Arce.

O defensor, também, comentou sobre a ansiedade do elenco para a final:

– Acho que nosso time está preparado, estamos há alguns dias preparando o jogo de amanhã. Como falou o professor, há muitos jogadores experientes, o Felipe, Marcos Rocha, Weverton, acho que isso ajuda muito a estar focado para fazer um jogo inteligente. O clima vai estar quente, mas estamos hidratados, dormimos bem e se Deus quiser faremos um grande jogo.

Gustavo Gómez - Palmeiras x América
Gómez teve momentos decisivos nesta Liberta (Foto: Libertadores)


>> Confira a classificação atualizada do Brasileirão e faça sua simulação
>> A rivalidade entre Palmeiras e Santos nos últimos anos em memes

Por fim, o atleta exaltou o time do River Plate, eliminado pelo Verdão na semifinal da competição, e negou que a campanha alviverde até a final tenha sido tranquila:

– Eu acho que temos que dar o mérito ao River, que foi um dos melhores times da America e do mundo nos últimos anos. Eles têm um treinador bom e sabíamos que seria difícil. Graças a Deus fizemos um jogo quase perfeito na Argentina e depois cuidamos do resultado, sofremos, mas o futebol é assim. (Na campanha) passamos por muitas dificuldades também, o Delfín e o Libertad fora de casa foram muito difíceis, assim como contra o River, mas graças a Deus estamos aqui e conseguimos o objetivo de estar na final.

A final da Libertadores está marcada para o próximo sábado (30), às 17h (horário de Brasília), no Maracanã.