Palmeiras x America mg - Abel Ferreira

Abel Ferreira comanda o Palmeiras no Allianz Parque (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!/NOSSO PALESTRA
20/06/2021
15:15
São Paulo (SP)

Com direto a gol no último lance do jogo, o Palmeiras venceu o América-MG por 2 a 1, de virada, neste domingo (20) no Allianz Parque. Após o triunfo, Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva e pediu apoio da torcida palestrina, relembrando sua filosofia "todos somos um". O treinador comentou sobre algumas críticas e enfatizou a importância de suporte em momentos difíceis da equipe.

ATUAÇÕES: Willian brilha com dois gols, recebe maior nota e dá vitória ao Palmeiras sobre o América-MG

- O mesmo que exigem de mim, exijo dos torcedores. Que apoiem a equipe! Todos! Temos que aguentar críticas, mas gostamos mais de apoio do que chegar com uma faca por trás. Não precisamos de sangue. As torcidas que fazem a diferença são o que fazem diferente. Fico triste quando vejo alguma torcida criticando. Triste porque, na vida, quando tenho dificuldade, espero apoio. Faz a diferença. Quando estou mal, sei que estou mal. Quando todos somos um, somos mais fortes. Quanto mais unidos estivermos, mais temidos seremos - afirmou.

Abel analisou a partida da equipe, admitindo uma desconcentração geral na primeira etapa. Porém, ressaltou a ambição para lutar pelo resultado nos 45 minutos finais e o merecimento pela vitória.

>> Veja a tabela completa do Brasileirão

- As estatísticas mostram bem o quão desconcentrados entramos no jogo. Eles aproveitaram nossa falta de foco. Demos 45 minutos de vantagem O CRB nos deu uma lição para o ano todo. Eu não gosto de esquecer o passado. É um jogo para ter na cabeça. Não é possível finalizar 35 vezes e perder de 1 a 0. Hoje, o 2 a 1 deveria ter acontecido mais cedo. Mas, se eu quisesse estar na minha zona de conforto, teria ficado em Portugal - ponderou o técnico.

Na penúltima partida, contra o Juventude, o Alviverde perdeu mais um jogador por lesão - Luan com edema na panturrilha direita. O treinador voltou a falar sobre os desfalques, que o tem deixado com poucas opções no plantel, mas destacou a desempenho dos jogadores que tem entrado em campo pelo clube.

- Quando ganhamos, está espetacular. Se estivesse perdido ou empatado, não sabe nada, é fraco. Não entende de futebol... O elenco está muito reduzido. E quem está aqui tem dado resposta. É bem evidente a mentalidade da equipe jogue quem jogar. Apesar das muitas ausências, esses rapazes têm tido um comportamento, de um modo geral, que tenho gostado. Cultura de vitória. Estamos num campeonato de maratona - concluiu.

Tentando chegar à sua terceira vitória seguida, o Palmeiras vai a campo nesta quarta-feira (23) às 19h (horário oficial de Brasília) contra o Red Bull Bragantino no estádio Nabi abi Chedid pela sexta rodada do Brasileirão 2021.