Draymond Green

Camisa 23 admitiu baixo desempenho em derrota do Warriors (Foto: GARRETT ELLWOOD/AFP)

LANCE!
09/06/2022
10:40
Boston (EUA)

Draymond Green saiu de quadra com apenas 2 pontos, 4 rebotes, 3 assistências, eliminado com 6 faltas no último quarto e derrotado pelo Boston Celtics por 116 x 100 na noite de quarta-feira.

Em entrevista coletiva após a partida, o ala-pivô do Golden State Warriors resumiu sua atuação de uma maneira curiosa.

- Uma m* - desabafou Green.

+ Opinião: A NBA protege Draymond Green


Sem dúvidas um dos protagonistas da série entre Warriors e Celtics, o ala-pivô foi mais uma vez alvo de polêmicas. Durante e depois da partida. Quando a bola subiu no TD Garden, o camisa 23 de Golden State foi de longe o jogador mais vaiado pela torcida local, que até se juntou para xingar o jogador, algo pouco comum de se ver nos ginásios da NBA.


Embora a esposa do jogador tenha ido até as redes sociais reclamar da atitude das arquibancadas de Boston, Green preferiu abraçar o papel de “vilão” e disse não se sentir incomodado.

- Eles estavam só falando. Meu trabalho não é reagir a isso. Eles fizeram o que eu esperava. Eu não consegui aproveitar essa energia no jogo, mas é algo que eu gosto. Gastem energia comigo. Estou ansioso para o jogo de sexta - comentou.

Fora das quadras, o podcast que Draymond Green tem publicado após cada jogo das finais também tem dado o que falar. Questionado se não estaria entregando as táticas e ajustes que os Warriors têm feito após cada confronto, o ala-pivô se mostrou irritado com a pergunta.

- Não vejo muita diferença no que eu falo nas entrevistas e no podcast. Mas agradeço a promoção. The Draymond Green Show. Da próxima vez você pode falar o nome do pocast - respondeu Green.

O técnico Steve Kerr também foi perguntado sobre a situação e minimizou a decisão de seu jogador de falar sobre as partidas na internet.

- Eu não escuto o podcast, não sei o que ele disse lá. Mas não me incomoda. Estamos em 2022, o mundo mudou. Os jogadores fazem parte da mídia agora e é assim que as coisas são - disse o treinador.

Golden State Warriors e Boston Celtics voltam a se enfrentar nesta sexta-feira, no TD Garden, em Boston, a partir das 22h.