CBDA

Estatuto da entidade passará por alterações (Foto: Divulgação)

LANCE!
19/03/2019
19:57
Rio de Janeiro (RJ)

A Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos passou por alterações em seu estatuto. Nesta terça-feira, em assembleia realizada na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, os 25 presidentes de federações presentes definiram que, a partir de agora, 14 atletas terão direito a voz nas decisões da entidade. O dia também foi de aprovação de contas do exercício de 2018 e calendário geral de eventos para 2019.

A decisão tomada pela Assembleia Extraordinária muda a configuração da Comissão Nacional de Atletas. Agora, o órgão terá 14 pessoas, sendo: seis representantes da Natação, duas do Nado Artístico, duas da Maratona Aquática, duas dos Saltos Ornamentais e duas do Polo Aquático, respeitando a paridade de gênero e de regionalidade.

O colégio eleitoral, então, fica da seguinte maneira: Federações (27 com peso seis), Atletas (14 com peso seis) e cinco clubes (com peso um).

As assembleias foram divididas em dois períodos. Pela manhã, foram debatidos temas como apresentação e aprovação das contas da CBDA no ano de 2018. Entre os assuntos do primeiro turno, também foi discutida a nova faixa etária de categoria das competições de Maratonas Aquáticas.

No período da tarde, os trabalhos seguiram com a aprovação do calendário de eventos de 2019. Além disso, foi realizada a Assembleia Geral Extraordinária para alteração no Estatuto da CBDA e adequação às determinações do Ministério do Esporte. Com essa alteração, os atletas passam a ter 1/3 dos votos, ou seja, 14 votos com peso de federação estadual a partir de agora. Antes, eles possuíam apenas um voto com peso de federação.