(Foto: Divulgação)

Miau quer paz entre as nações (Foto: Divulgação)

LANCE!
16/02/2022
11:23
Curitiba, PR

Ex-campeão peso leve do Brave CF, Luan Miau aceitou o convite do Russian Cagefighting Championship (RCC) para estrear nos meio-médios contra o russo Ilyas Khamzin na luta principal do próximo dia 23, na cidade de Ecaterimburgo, na Rússia, que vive em meio a tensão de uma possível guerra contra a Ucrânia.

"Estávamos apreensivos, até porque vamos estar no epicentro da confusão toda caso aconteça alguma coisa", revela Miau, que embarca nesta quarta-feira ao lado de Cristiano Marcello.

"Mas estamos acompanhando pela mídia e vimos que a Rússia recuou. Isso nos deixa tranquilos para nos preocupar apenas com a luta. Se depender de mim, a única guerra será dentro do cage; do lado de fora, paz entre as nações", pede.

Em relação à perda de peso, Luan Miau afirma que nunca teve um processo tão tranquilo, e revelou que está viajando com 83kg; ou seja, faltando apenas seis para atingir o limite da nova divisão.

Sobre o adversário, que vem de vitórias sobre os brasileiros Junior Marques e Michel Sassarito, o atleta da CMSystem promete interromper essa sequência, e com autoridade.

"A estratégia está bem definida: planos A, B, C e D. Mas o objetivo é só um: vencer sem deixar dúvidas, com nocaute ou finalização. Sei que é um atleta duro, mas estudamos muito ele. Vou buscar uma luta agressiva e, ao mesmo tempo, técnica, no melhor estilo CMSystem", promete.

"É a estreia numa casa nova. Já fizemos história sendo campeão mundial no Bahrein. A intenção agora é conquistar a Europa, chegar com os dois pés no peito", avisa o baiano de 27 anos, que possui um cartel de 16 vitórias, sendo 11 por nocaute (69%), e apenas cinco reveses.