Fluminense x Atletico-PR

Técnico Tiago Nunes é um dos destaques do Atlético-PR em 2018 (Foto: Delmiro Junior/PhotoPremium)

LANCE!
29/11/2018
10:32
Curitiba (PR)

Finalista da Copa Sul-Americana, o Atlético-PR vive a expectativa de conquistar o primeiro título internacional da história do clube. O Furacão disputou a final da Libertadores de 2005, mas acabou derrotado pelo São Paulo. Agora, o objetivo é levantar a taça e o técnico Tiago Nunes já sabe até a quem dedicar a conquista.

- A nossa torcida é guerreira, merece um título de expressão e está carente de títulos - diz o comandante, que é o xodó dos atleticanos.

Outro nome de destaque na semifinal contra o Fluminense, especialmente no Maracanã, o meia Nikão também destaca a importância da conquista para o clube.

- Tenho carinho muito grande pelo torcedor. Queremos fazer história e o time tem feito o seu papel dentro de campo - diz o jogador, que está na quarta temporada no Atlético-PR.

Quem também brilhou no Maracanã e é identificado com o Atlético-PR é o atacante Marcelo Cirino. Responsável pelas duas assistências que decidiram a partida, o jogador esteve presente na última grande final do Furacão: a Copa do Brasil em 2013, quando perdeu para o Flamengo.

- Aquela infelizmente não ganhamos. Lamento até hoje. Desta vez eu quero ganhar e entrar de vez para a história deste clube - afirma Marcelo Cirino.

O adversário do Atlético-PR na decisão da Copa Sul-Americana sai na noite desta quinta-feira. O Junior Barranquilla-COL está em vantagem, já que venceu o Santa Fé-COL, fora de casa, por 2 a 0. A partida de ida da final ocorrerá na próxima quarta (05) na Colômbia e a grande decisão no dia 12 de dezembro, na Arena da Baixada.