Montagem Gabigol, Luciano

Gabriel e Luciano são os artilheiros de Fla e Flu na temporada (Foto: Reprodução)

Alexandre Araújo, Marcello Neves e Sergio Santana
06/04/2019
06:30
Rio de Janeiro (RJ) 

Depois das semifinais dos dois turnos do Estadual, agora é para valer. Neste sábado, Flamengo e Fluminense farão a semifinal geral do Campeonato Carioca no Maracanã, às 19h. Por ter vencido a Taça Rio, o Rubro-Negro avança à decisão com o empate. A partida será transmitida em tempo real no site do L!, e os atacantes, em busca da artilharia, tornam o confronto ainda mais especial

O Estadual chegou à fase decisiva e existe uma disputa em aberto pela artilharia: Yony González, do Fluminense, João Carlos, do Volta Redonda, Maxwell, do Resende, e Anderson Lessa, do Bangu - todos com sete gols.

Na sequência, estão os rubro-negros Bruno Henrique e Gabriel Barbosa e o tricolor Luciano, todos com seis gols marcados no Carioca. Pelo Vasco, quem ainda sonha com a artilharia é o meia Marrony (5) e o atacante Tiago Reis - o Cruz-Maltino enfrenta o Bangu na semifinal do Estadual, no domingo, às 16h.

A dupla tricolor chega em evidência para esta disputa. O Fluminense marcou, até aqui, 25 gols no Campeonato Carioca e tem em Yony González e Luciano as principais esperanças nesta semifinal. Os dois atletas já balançaram as redes do Rubro-Negro da Gávea nas semifinais da Taça Guanabara e da Taça Rio.

Apesar de não ser o artilheiro do Tricolor na competição, Luciano aparece como o principal 'adversário' de Gabigol na disputa pela posto de principal marcador do campeonato. O camisa 18 é o artilheiro do Fluminense na temporada, com 10 gols em 17 partidas - três na Copa do Brasil e um na Copa Sul-Americana.

Na Gávea, Gabigol e Bruno Henrique são os principais nomes do ano. Os dois no ano passado - e, juntos, somam 14 gols e nove assistências pelo Flamengo. No Estadual, os dois dividem a artilharia rubro-negra, com seis gols cada. Nos clássicos, o camisa 9 e o camisa 27 têm sido destaques - positivos ou negativos.

Bruno Henrique, por exemplo, foi o grande nome da vitória sobre o próprio Fluminense, por 3 a 2 na fase de grupos da Taça Rio, marcando dois gols no Maracanã. Em sua estreia, o atacante também castigou o Botafogo duas vezes, e o Fla venceu o rival por 2 a 1 no Nilton Santos, ainda pela Taça Guanabara.

Contudo, no último Fla-Flu, Bruno Henrique foi expulso após dura entrada em Gilberto, complicando a vida do time de Abel Braga. O Flamengo, mesmo com um a jogador a menos, venceu por 2 a 1, avançando a decisão da Taça Rio.