Mbappé Neymar

Craques tiveram uma Copa do Mundo bem distintas (Foto: Franck Fife/AFP)

Cayo Pereira*
11/08/2018
19:00
Paris (FRA)

Premier jour! A Ligue 1 já teve seu início, mas neste domingo o Paris Saint-Germain entra em campo para buscar o bicampeonato consecutivo. O primeiro passo rumo ao título é contra o Caen, dentro do Parc de Princes, às 16h. Na última temporada, o clube da capital francesa levantou o troféu com cinco rodadas de antedecência. Foi o sétimo em toda história do clube.

O INÍCIO DA ERA TUCHEL
Depois de duas temporadas sob o comando de Unai Emery, chegou a hora de Thomas Tuchel terá a missão de pilotar a máquina potente que é o elenco do PSG. Com um time muito superior ao restante dos times do campeonato, a tarefa em nível doméstico pode não ser tão difícil, mas todo início de trabalho é um período em que deve se exigir tempo para corrigir possíveis falhas.

O QUE ESPERAR DE NEYMAR?
Após a eliminação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, o craque foi bastante criticado. Na internet, Neymar virou chacota, virou meme e a fama de cai-cai viralizou pelo mundo. Entretanto, Tuchel fez questão de afastar qualquer a possibilidade de e dar moral ao seu camisa 10 em entrevista coletiva:

- Está claro que Neymar é meu jogador chave, é um dos melhores do mundo e um artista. Há várias maneiras de ser um líder. No caso de Neymar, ele é quando está feliz, por sua criatividade, por ser uma inspiração para os outros, pelos riscos que assume - disse o treinador.

CAMPEÃO DO MUNDO, MBAPPÉ MUDA DE PATAMAR
Se na última temporada Kylian Mbappé foi tratado como uma grande joia do futebol mundial, para este campeonato o jovem chega com status de protagonista. Mesmo tendo Neymar e Cavani como companheiros de ataque, seu desempenho na Copa do Mundo da Rússia mostrou que o jogador pode assumir a liderança de ser craque do time quando for preciso e que não sente o peso de ser decisivo.

A CHEGADA DE UMA LENDA
Depois de 17 anos vestindo a camisa da Juventus, Gianluigi Buffon é o goleiro do PSG para esta temporada. Com a cabeça focada em um título da Liga dos Campeões, inexistente em seu currículo, o arqueiro italiano chega ao clube parisiense para elevar ainda mais o nível técnico do elenco.