Logo Lance! Betting
Liverpool
escudo default
3
1
escudo default
Manchester City

Haaland passa em branco, Núñez brilha, Liverpool vence Manchester City e conquista Supercopa

Uruguaio entrou na segunda etapa, participou da jogada do pênalti convertido por Salah e ainda anotou seu primeiro gol pelos Reds; Já o norueguês perdeu um gol feito no fim

Liverpool x Manchester City
Alexander-Arnold e Salah marcaram os gols da vitória do Liverpool sobre o Manchester City (NIGEL RODDIS / AFP)

Escrito por

No King Power Stadium, em Leicester, o Liverpool derrotou o Manchester City por 3 a 1 e conquistou o título da Supercopa da Inglaterra. O lateral Alexander-Arnold inaugurou o placar na primeira etapa. Já na segunda etapa, com participações do VAR, Julian Álvarez empatou para os Sky Blues, mas Salah, de pênalti, e Darwin Núñez, nos acréscimos, deram números finais ao duelo. 

+ Confira os clubes que mais venderam camisas no mundo

LÁ E CÁ


A partida começou animada, e o Liverpool teve a primeira grande chance pouco após a bola rolar. Aos três minutos, Salah recebeu lançamento de Fabinho pela direita, driblou Cancelo, mas bateu pelo lado de fora da rede do gol. O Manchester City respondeu com De Bruyne, finalizando da entrada da área ao lado do gol.

DESVIO CHAVE

Aos 20 minutos, Alexander-Arnold recebeu passe da entrada da área e finalizou com desvio em Aké para abrir o placar para os Reds. Tímido no jogo, Haaland teve sua primeira oportunidade aos 33 minutos ao receber cruzamento, ganhar do defensor e bater para defesa de Adrian.

DEFESAS DIFÍCEIS

No início da segunda etapa, Mahrez recebeu lançamento na área, limpou a marcação e bateu a queima-roupa para defesa de Adrian. Aos 18 minutos, Darwin Núñez saiu na cara do gol após passe de Henderson, mas finalizou para grande defesa de Ederson.

+ Flamengo anuncia volante, Felipe Alves acerta com gigante brasileiro… O Dia do Mercado!

VAR EM AÇÃO

Aos 24 minutos, Phil Foden recebeu cruzamento pelo lado esquerdo e chutou para defesa de Adrian, mas Julian Álvarez completou para o gol no rebote, em lance que passou por análise do VAR por um possível impedimento na jogada. Aos 37 minutos, Salah colocou o Liverpool novamente na frente após converter cobrança de pênalti marcado com o auxílio do árbitro de vídeo.

ACRÉSCIMO AGITADO

Nos acréscimos, Robertson recebeu cruzamento e escorou para Núñez ampliar de cabeça. Nos minutos finais, Haaland perdeu chance inacreditável após rebote de Adrian em finalização de Foden e bateu no travessão com o goleiro caído.

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter