Tino Marcos + Marcos Uchôa

Tino Marcos e Uchôa deixaram à Globo após anos de transmissões no canal (Montagem LANCE!)

João Pedro Ramalho*
09/11/2021
14:03
Rio de Janeiro (RJ)

A despedida de Marcos Uchôa é mais um capítulo da remodelação interna do Grupo Globo. Nos últimos meses, velhos nomes deram adeus à emissora carioca, que, em contrapartida, viu novos jornalistas assumirem funções importantes dentro da rede. Mas o que explica essa restruturação? Calma, o LANCE! explica!

A Globo passa por um momento de mudança de gastos. Visando renovar seu arsenal de jornalistas e enxugar gastos para adequar sua projeção financeira, a emissora resolveu abrir mão de vozes experientes em detrimento de jovens comunicadores - que recebem menos em comparação aos globais mais antigos. Um exemplo disso é o programa 'Tá Na Área', apresentado pelos 'trintões' Magno Navarro e Igor Rodrigues. 

+ Veja a posição do seu time no Brasileirão!

Só nesse ano, além de Marcos Uchôa, o Grupo Globo se despediu de vários nomes marcantes do esporte. Entre eles, Tino Marcos, Fernando Saraiva, Alexandre Oliveira. A ideia inicial era renovar com parte dos experientes comunicadores. Manter nomes consagrados na televisão não seria um problema. Contudo, a ideia é diminuir os altíssimo salários de jornalistas. Uchôa, por exemplo, optou por trocar a rotina dentro do Grupo Globo para um novo momento em sua carreira. 

GLOBO QUER REDUZIR GASTOS: UCHÔA É OUTRO CAPÍTULO 
Vale frisar que, com partida de Marcos Uchôa, Tino Marcos e Mauro Naves - desligado após se envolver em uma polêmica com Neymar -, repórteres como Eric Faria e André Gallindo vêm ganhando destaque na cobertura da Seleção Brasileira na Globo. A saída de personalidade badaladas abriu portas para outros funcionários ocuparem espaços nobres, como a transmissão da Seleção Brasileira no canal.

E o cenário de renovação se reflete além do esporte da emissora carioca. Recentemente, os veteranos Ari Peixoto, Alberto Gaspar, Luís Fernando Silva Pinto e Roberto Paiva deixaram a comunicação da empresa. Jorge Nóbrega também deixou o cargo de presidência do Grupo Globo. A Família Marinho reassume o comando da empresa. 

NOVOS VALORES DA GLOBO AFETA FUTEBOL E GRANDES EVENTOS

Recentemente, a Globo viu três eventos esportivos deixarem o canal. A Copa Libertadores da América, a Fórmula 1 e o Campeonato Carioca não renovaram os direitos de transmissão com o canal carioca por impasses nas negociações dos valores. A Globo pretende abaixar os custos com a compra dos grandes eventos. Atualmente, são exibidos o Brasileirão Séries A e B, campeonatos estaduais e jogos da Seleção Brasileira.

Estagiário, sob supervisão de Rodrigo Portella