Maurício Galiotte

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!
24/09/2020
19:55
São Paulo (SP)

O Palmeiras, através de nota oficial e declaração de seu presidente Maurício Galiotte, negou a intenção de adiar a partida contra o Flamengo por conta dos 27 casos de Covid-19 detectados no rival carioca. A repercussão da recusa foi bastante negativa e o clube foi criticado na internet.

No 'Sports Center' da última quarta-feira, o comentarista Fábio Sormani foi bastante enfático ao criticar a postura alviverde. Segundo ele, o Flamengo se tornou um foco da doença e muita gente estaria correndo risco no caso da realização da partida.

- Existe no Flamengo um foco da doença, algo que você não vê em outros times. Então, eu acho que seria sensato a gente ouvir por parte da CBF o adiamento deste jogo. Muita gente pode estar correndo o risco no próximo domingo, não só os atletas, mas comissão técnica e todo o pessoal que participa da logística - afirmou.

Sormani ainda classificou a postura do clube alviverde como 'absurda' por não pedir o adiamento da partida, colocando em risco a vida de seus atletas.

- Eu adiaria o jogo, e acho um absurdo o Palmeiras não pedir o adiamento desta partida, colocando em risco os seus jogadores. Eu acho um absurdo o Palmeiras insistir neste jogo quando, claramente, seus jogadores podem se contaminar - concluiu.