Dodo

Dodô defendeu Seleção e grandes clubes do futebol brasileiro (Foto: Divulgação)

LANCE!
20/08/2020
15:39
São Paulo (SP)

O ex-jogador Dodô, que atuou por equipes importantes do cenário nacional, encerrou a carreira de jogador profissional recentemente, mas não quer ficar longe do futebol. O ‘Artilheiro dos Gols Bonitos’, que sempre teve uma visão apurada do jogo, almeja trabalhar como comentarista esportivo.

- Quem jogou futebol por cerca de 18 anos com dedicação e amor, não consegue ficar distante da bola. Por isso, tenho a intenção de trabalhar futuramente como comentarista esportivo, pois acredito ter condições para desempenhar bem essa função - relatou Dodô.

- Várias pessoas já me disseram isso, quando converso de futebol, salientando que tenho bom entendimento do jogo e uma forma clara explicar as situações ocorridas em campo. Agora, é aguardar uma oportunidade para alcançar este objetivo -  acrescentou.

Ao longo da carreira, Ricardo Lucas, o Dodô, de 46 anos, atuou por equipes tradicionais do Brasil, como: São Paulo, Santos, Fluminense, Palmeiras, Botafogo, Portuguesa, Paraná e Vasco da Gama, entre outras.

O artilheiro também vestiu as camisas do Ulsan Hyundai FC (Coréia do Sul), Oita Trinita (Japão) e Al Ain (Emirados Árabes Unidos). Pela Seleção Brasileira foram cinco partidas disputadas e dois gols marcados.

Individualmente, Dodô foi eleito o melhor jogador do Campeonato Carioca em duas ocasiões (2006 e 2007), foi o melhor jogador da Copa do Brasil (2007) e Chuteira de Ouro da Revista Placar (2007). 

- Na minha carreira, tive a oportunidade de trabalhar com grandes treinadores e isso me ajudou a absorver muito conhecimento e entender bem das táticas e tudo aquilo quer acontece ao longo jogo. Além disso, toda a experiência vivenciada como jogador dentro de campo me ajuda bastante na hora de analisar e comentar uma partida de futebol -  finalizou Dodô.