China x Brasil - Jogos Olímpicos - Bárbara

Jogos Olímpicos: Contra a China, onde o Brasil goleou por 5 a 0, Bárbara recebeu elogios (Foto: Sam Robles / CBF)

LANCE!
24/07/2021
11:29
São Paulo (SP)

A Seleção Brasileira feminina empatou com a seleção holandesa em 3 a 3 pelo segundo jogo na Olimpíada de Tóquio. Depois de ser elogiada na estreia dos Jogos Olímpicos, contra a China, a goleira Bárbara foi alvo de críticas por falhas na partida deste sábado. Para a comentarista da Globo Ana Thaís Matos, a camisa 1 do Brasil é uma aposta da técnica da Seleção feminina: "Joga no risco".

+ Jogos Olímpicos: Veja a classificação do grupo brasileiro no futebol feminino

+ ATUAÇÕES: Brasil é superior contra a Holanda, mas fica no empate

- Bárbara é responsabilidade completa da Pia Sundhage. Fez um bom jogo na estreia, mas joga no risco sempre. Eu imagino que ela fica chateada com a críticas e respeito muito, mas esse é o patamar do futebol feminino hoje. Ainda tenho esperança que ela faça a diferença numa classificação. Hoje falhou - comentou Ana Thaís pelo Twitter.

Bárbara levou a culpa pelo segundo gol do elenco holandês. A transmissão da partida na Globo ainda chamou a atenção por outros motivos. Na TV do país adversário, uma jornalista chegou a classificar a goleira como "uma porca de sueter".

Em uma das melhores partidas dos Jogos Olímpicos de Tóquio até o momento, Brasil e Holanda ficaram no empate, em Miyagi, no Japão, pela segunda rodada do Grupo F do futebol feminino. Marta, Debinha e Ludmilla marcaram os gols da Seleção Brasileira, enquanto Miedema (2) e Janssen fizeram os gols das holandesas.