jogador Adriano Imperador

Fotos: Divulgação; AFP; Nelson Almeida/Lancepress!; Ari Ferreira/Lancepress!; Reprodução/Instagram

LANCE!
17/02/2022
11:15
Rio de Janeiro (RJ)

Craque do futebol brasileiro, Adriano Leite Ribeiro completa 40 anos de vida nesta quinta-feira, deixando na carreira grandes feitos por Flamengo, Inter de Milão e Seleção Brasileira, além de ter defendido as camisas de Fiorentina (ITA), Parma (ITA), Roma (ITA), São Paulo, Corinthians, Athletico-PR e Miami United (EUA), seu último clube, em 2016. Mas como vive hoje o Imperador do futebol?

De origem humilde, Adriano nasceu e foi criado na comunidade Vila Cruzeiro e despontou no futebol pelo Flamengo, seu time do coração. Logo cedo foi campeão mundial sub-17 com a Seleção Brasileira, em 1999. Estreou no profissional do Rubro-Negro em 2000, sendo logo negociado com a Inter.

Antes de virar Imperador, ainda lutou por espaço, emprestado, no Parma e na Fiorentina. Depois voltou ao time de Milão e ganhou o apelido que o acompanha até hoje: o Imperador. Durante a carreira, Adriano fez 430 partidas e marcou 207 gols, segundo dados do 'O Gol'. Foi ainda campeão da Copa América (2004) com a Seleção sendo decisivo na final.

> Tiago Leifert de volta ao esporte! Qual é o time dele? Saiba o clube de coração de nomes do jornalismo esportivo

E foi dias depois dessa decisão na Copa América de 2004 que a vida do Imperador começou a mudar, quando seu pai, Almir Leite, morreu de ataque cardíaco, uma década depois de ter sido atingido por uma bala na cabeça, que ficou alojada em seu cérebro e o acometeu com vários problemas de saúde. Didico ainda jogou em alto nível até 2007, quando revelou que tinha vontade de voltar ao Brasil e ficar perto da família e amigos. E assim foi feito.

​O Imperador deu a voltar por cima principalmente no Flamengo, onde conquistou o brasileirão de 2009. Ele chegou a voltar pra Itália em 2011, mas depois sua carreira foi perdendo a constância. Defendeu o Athletico-PR, Corinthians e Miami United, em 2016, e parou. Nunca disse que se aposentou.

Como Adriano está hoje?
Em 2017, Adriano disse no programa 'Conversa com Bial', da Globo, que preparava um retorno ao futebol, o que não aconteceu. Desde então, Didico vive uma vida intensa nas redes sociais, mas reclusa com a mídia. O jogador quase não fala com a imprensa, que costuma noticiar o que ele se permite abrir ou que se torna de conhecimento público por meio de pessoas próximas como relacionamentos amorosos e até algumas tretas.

Do mais, Didico vive uma vida perto dos seus, de pessoas que o tratam como o menino da Vila Cruzeiro, local onde vira e mexe ele aparece para curtir um churrasco na laje, apesar de ter casas fora da comunidade, na Região dos Lagos e até ter morado recentemente em um hotel de luxo por um período.

Influenciador digital, Didico conta com 7,7 milhões e brinca com causos do dia a dia, inclusive lançando memes e frases de efeito, mesmo sem querer como 'És...' e 'Nem cavalo aguenta'. Seus seguidores o amam e o defendem de tudo, sempre com tom de brincadeiras.

- Olha aqui o tal de Bruna, nem te conheço minha amigo. Tu quer ganhar mídia? Quer ficar forte na mídia? Não usa o nome de ninguém não, fica forte por você não. Mas não fica usando o nome de ninguém não que isso é feio. Um beijo do gordo - disse Didico, em um dos seus vídeos mais famosos.

E é isso que Didico parece tentar evitar: mostrar a vida além do necessário, evitar quem quer 'ficar forte na mídia' às suas custas e ser feliz podendo fazer o que 'lhe der na telha'. Seja feliz, Didico!