Montagem Fluminense - Nenê, Wellington Silva e Fernando Pacheco

Nenê, Wellington Silva e Pacheco brigam por vaga  (Lucas Merçon/Fluminense; Mailson Santana/Fluminense; Mailson Santana/Fluminense)

LANCE!
12/09/2020
06:55
Rio de Janeiro (RJ)

O adeus de Evanílson abriu uma lacuna no setor ofensivo do Fluminense. Após a oficialização da transferência do atacante para o Porto, o técnico Odair Hellmann viu o caminho até a rede se afunilar diante das opções que existem nas Laranjeiras. Uma "cartada" do comandante já foi testada no Fla-Flu: achar atalhos em um trio de frente.

A aposta na velocidade é outra chave para os tricolores lutarem para reencontrar os caminhos  da vitória (são três jogos de jejum). 

- Ele (Odair) buscou uma alternativa com Nenê de falso 9, dois caras mais rápidos abertos, Wellington (Silva) e  (Fernando) Pacheco. A gente tem buscado alternativas. Tem mais opções - afirmou o volante Yuri.

Ao que tudo indica, a alternativa tem o objetivo de dar fôlego  aotricolor. Mesmo veterano, Nenê se destaca pelo vigor e por contribuir para que o Fluminense ganhe maior volume de jogo. Além disto, o meia, que tem 15 gols em 27 jogos, age bem com como um "falso 9".Ele dá mais liberdade para Fernando Pacheco e Wellington Silva.

O peruano, que marcou três gols em 18 partidas, surge pelas beiradas para surpreender adversários e tem oportunidade de evoluir atuando com Nenê. Pacheco, porém, ainda precisa encontrar a sintonia fina com o meia-atacante.

De volta ao Fluminense a pedido do técnico Odair Hellmann,  Wellington Silva ganhou nova oportunidade para se firmar. Só que ele ainda trava uma disputa tão acirrada no setor.

O desafio de encontrar a toque de caixa uma solução no ataque do Tricolor das Laranjeiras se acentuou neste fim de semana: sem Fred, que está infectado com Covid-19, e sem Evanílson, vendido, faltam centroavantes.

- Claro que o Evanílson estava vindo muito bem, estava sendo uma referência na frente, um cara que segurava a bola, brigava. Mas creio que nós temos essa reposição de outra forma, foi o que o Odair tentou buscar nesse jogo contra o Flamengo - afirmou Yuri.
-
Em busca de seu ataque ideal, o Fluminense enfrenta o Corinthians, às 16h.