Marcos Paulo - Fluminense

Marcos Paulo está com moral após grande partida contra o Flamengo (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Joel Silva
13/06/2019
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Após dez jogos entrando no decorrer das partidas, Marcos Paulo, enfim, vai fazer a sua primeira partida como titular nos profissionais do Fluminense. O adversário será a Chapecoense, nesta quinta-feira, na Arena Condá, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Aos 18 anos, o atacante vinha sendo a primeira opção do técnico Fernando Diniz, que com a ausência de Luciano, negociando a saída do clube, não pensou duas vezes em escalá-lo.

A titularidade é vista com muita alegria pelos familiares da joia, que entendem que essa condição é o que faltava para o jogador se firmar de vez na equipe tricolor. Em entrevista ao LANCE!, a mãe de Marcos Paulo, Paula Costa, revelou a emoção de ver o filho conquistando mais uma meta pessoal na carreira.

- Você faz uma retrospectiva de tudo. É muita emoção e fico muito feliz de ver o meu filho com 18 anos, conseguindo realizar o sonho dele, que é jogar no Fluminense, jogar no profissional e estrear como titular.

Marcos Paulo e Paula Costa
Yago (irmão), Paula (mãe) e Zélia (avó materna), com Marcos Paulo (Foto: Arquivo pessoal)

Marcos Paulo vai reeditar com João Pedro a grande parceria dos tempos das categorias de base. O novo 'casal 20' já atuou juntos, sempre no segundo tempo dos jogos. Agora, desde o início da partida. Paula Costa comentou sobre a parceria dos meninos.

- Com certeza é uma alegria poder acompanhar o Marcos Paulo e o João Pedro. Desde pequenos jogando juntos, e agora subindo mais esse degrau, como titulares no time profissional. É uma grande alegria vê-los juntos.

Com mais minutos em campo, a expectativa é de que Marcos Paulo marque o seu primeiro gol pelo time profissional. Contra o Flamengo, no último domingo, isso quase aconteceu, no entanto os chutes do atacante pararam no goleiro Diego Alves. A mãe do jogador afirmou que essa situação não incomoda Marcos Paulo.

- A gente tem conversado sobre isso. Eu fico muito aflita e nervosa por ser mãe, mas ele está muito tranquilo quanto a isso. Se for para sair, que saia neste jogo, para que a gente possa comemorar.

Marcos Paulo e Paula Costa
Marcos Paulo com a mãe após um jogo em São Januário
(Foto: Arquivo pessoal)

Seleção portuguesa

Por possuir dupla cidadania, Marcos Paulo vem sendo convocado constantemente pela seleção portuguesa. No entanto, o martelo ainda não está batido, e o atacante ainda pode vestir a amarelinha. A mãe dele, Paula Costa, revelou como surgiu o convite de Portugal e os motivos que o fizeram aceitar a convocação.

- Ficamos surpresos quando chegou o convite. A convocação foi meio que um susto. O Marcos Paulo aceitou porque não vinha sendo convocado pela seleção brasileira e quis ir para conhecer. De setembro para cá, já foram seis convocações para Portugal. Acho que a experiência é boa. Costumo dizer que sou Marcos Paulo Futebol Clube. No que ele decidir, estou aqui para apoiar - conta Paula Costa, que completa.

- A gente nunca nem pensou na cidadania para ele jogar pela seleção portuguesa. Na verdade a gente só queria a dupla cidadania porque entendíamos que seria importante, futuramente, ser um cidadão europeu, até mesmo em uma possível transferência.