Luccas Claro - Fluminense

Luccas Claro durante entrevista coletiva no CT Carlos Castilho (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

LANCE!
24/08/2020
15:13
Rio de Janeiro (RJ)

Uma das boas surpresas do Fluminense nesse início de Campeonato Brasileiro foi o zagueiro Luccas Claro. Antes última opção na posição, o jogador ganhou a vaga com as lesões de Digão e Matheus Ferraz e agora se firmou entre os titulares do técnico Odair Hellmann. No entanto, o jogador é um dos 10 atletas do time titular que tinham contrato apenas até este ano. Com o vínculo encerrando em dezembro, Luccas disse que ainda não acertou a extensão, mas se mostrou confiante em um desfecho positivo.

- Não está avançado ainda, mas já teve uma breve conversa. Acredito que nos próximos dias o melhor vai se concretizar. Meu pensamento é no Fluminense. Por isso tenho feito bons jogos. Estou 100% focado aqui. Penso no Flu, no Brasileiro. Se eu começar a pensar em coisas externas eu não consigo focar no campo. Meu futuro pertence a Deus, fico com os pés no chão com tranquilidade. Agora não será diferente - afirmou o jogador em entrevista coletiva no CT Carlos Castilho.

Após a vitória do fim de semana contra o Athletico-PR fora de casa, o pensamento do Fluminense agora está voltado para a Copa do Brasil. Nesta terça-feira, o Tricolor recebe o Figueirense no Maracanã precisando reverter a desvantagem de 1 a 0 do primeiro jogo. Luccas Claro afirmou que primeiro o Flu precisa pensar em igualar o placar para só depois buscar o segundo gol.

- É o jogo do ano, o mais importante. Eliminatório, fomos desclassificados na Sul-Americana, então temos que fazer nosso melhor para avançar. Jogando em casa, temos que impor nosso ritmo, fazer nosso jogo, para passar. Não temos que pensar no 2 a 0. Precisamos de uma vitória simples. A partir do primeiro gol conquistado iremos manter o ritmo para fazer o segundo - disse Luccas.

- Podem esperar um time de guerreiros que vai lutar até o final, buscar a qualquer custo a classificação. Respeitando muito a equipe do Figueirense, sabemos que será um jogo difícil, mas o torcedor pode esperar muita luta, entrega, um bom futebol. Colocar a bola no chão, marcar forte. Estou muito confiante que conquistaremos nosso objetivo - completou.

Sobre o momento pessoal, o defensor comemorou as oportunidades recebidas e a titularidade. Aos 28 anos, ele tem 13 jogos em 2020 e três gols marcados.

- Estou muito feliz com o meu momento. Não tem segredo ou mistério. Procuro colocar meu estilo em todas as partidas. Claro que escutando muito o que o Odair me pede, mas não tento fazer nada diferente do que sempre fiz. Trabalho muito para estar sempre ajudando, mesmo quando estou fora. Para quem trabalha a colheita vem. Estou no meu melhor momento, com a ajuda dos meus companheiros. O Fluminense começou o Brasileiro bem, mesmo com uma derrota contra o Grêmio já tivemos uma boa estreia e mantivemos durante a competição. Acho que temos bons frutos para colher - finalizou.