Maracanã - Fluminense

Fluminense mandou maioria das partidas no Maracanã em 2020 (Foto: Reprodução/Twitter)

Luiza Sá
05/01/2021
15:27
Rio de Janeiro (RJ)

Líder em prejuízos neste Campeonato Brasileiro, o Fluminense fechou 2020 somando mais de R$ 5 milhões de déficit em bilheteria. Os números, que já vinham no vermelho antes mesmo da pandemia, pioraram com a ausência de público nos estádios e chegaram ao valor exato de R$ 5.221.035,35. A maioria dos duelos disputados pelo Tricolor, vale lembrar, foi no Maracanã, onde o custo operacional é alto, mesmo que o clube faça a gestão ao lado do Flamengo, o segundo clube neste ranking.

>Brasileirão: R$ 20 milhões de prejuízo com bilheteria; veja renda líquida de cada clube

Só no Brasileiro já são R$ 2.627.096,19 em 14 partidas em casa. Os números totais foram extraídos dos borderôs da Ferj, Conmebol e CBF nas partidas do Campeonato Carioca, Sul-Americana, Copa do Brasil e Brasileirão. A maioria esmagadora desse valor foi gerado em partidas sem público, ao longo desta pandemia da Covid-19. Em termos de comparação, em 2018 o Fluminense fechou a temporada inteira com déficit de R$ 4,5 milhões nos jogos como mandante.

VEJA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

No orçamento aprovado para 2020, o Fluminense projetou R$ 27,5 milhões entre bilheteria e sócio-torcedor. Apesar do aumento no número de associados, ultrapassando a marca dos 37 mil adimplentes, as novas adesões tiveram queda e o programa vem perdendo associados. Para 2021, o clube prevê R$ 19 milhões de receita de bilheterias, apesar de ainda não haver previsão da retomada de jogos com público no Brasil.

Em cinco destas partidas, é importante ressaltar, a equipe foi visitante, mas ajudou a arcar com os gastos (Cabofriense, Bangu e Vasco) ou dividiu o lucro (Flamengo e Moto Club). A média de público do Fluminense como mandante neste ano é de 16.255 pagantes. O maior foi no clássico contra o Flamengo na semifinal do Campeonato Carioca, que levou 53.571 pessoas que pagaram ingresso ao Maracanã. Em segundo vem a partida contra o Unión La Calera, pela Sul-Americana, com 16.528 pagantes.

Em 2021, o Fluminense ainda terá cinco partidas como mandante no Brasileirão. Os adversários são Sport, Botafogo, Goiás, Atlético-MG e Fortaleza. Nesta quarta-feira, a equipe entra em campo no Maracanã, mas como visitante, contra o Flamengo, às 21h30.