LANCE!
16/08/2018
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

O mês de agosto poderia ser uma oportunidade para o Fluminense dar a volta por cima de vez depois da Copa do Mundo e se consolidar entre aqueles que brigam na parte de cima. No entanto, agora que a equipe realizou metade das partidas do período, o Tricolor teve apenas uma vitória nos três jogos em sequência no Maracanã e muita irregularidade.

A vitória nos minutos finais contra o Defensor (URU) escondeu um rendimento ofensivo pouco inspirado dos comandados de Marcelo Oliveira. Depois, o empate contra o Bahia decepcionou os torcedores, que viram os visitantes serem melhores em boa parte do duelo. Por fim, a derrota para o Internacional em confronto cheio de erros ligou o sinal de alerta.

Nesta quinta-feira, o Flu encara o Defensor novamente, agora fora de casa, para tentar dar a volta por cima e reconquistar a confiança. Depois disso, viaja para Belo Horizonte para encarar um América-MG que quer encostar na primeira parte da tabela do Brasileirão no final do primeiro turno. Para finalizar o mês, terá Corinthians, em casa, e Cruzeiro, em Minas.

A defesa é um dos setores que mais preocupam o time das Laranjeiras neste momento. Dos gols sofridos pelo Fluminense com Marcelo Oliveira, praticamente todos haviam sido originados de falhas. A pane no sistema contra o Inter, que matou o jogo para os Colorados já no primeiro tempo, só reforçou a instabilidade de defensores que acumulam também ótimos momentos até aqui.

- Preocupa demais a forma como perdemos para o Inter. Foi a primeira vez na minha carreira que fui para o intervalo perdendo por três a zero. Precisamos acentuar o trabalho na parte de concentração, mudar peças e ver o que podemos fazer para melhorar. Existem erros que são coletivos, outros provocados pelo adversário, que força jogadas, mas esses não. Foram erros bisonhos e infantis - disse o técnico Marcelo Oliveira após o duelo pelo Brasileirão.