Arão, Everton Ribeiro, Arrascaeta e Pedro - Flamengo x Athletico PR

Contra o Athletico-PR, Everton Ribeiro chegou a seis gols em 2020 (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

LANCE!
05/10/2020
12:16
Rio de Janeiro (RJ)

O jogo do último domingo, diante do Athletico-PR, no Maracanã, possui dois enredos: um sem Everton Ribeiro e outro significativamente distinto com o camisa 7 em campo. Depois que o meia entrou, após o intervalo, o Flamengo deslanchou e construiu a vitória por 3 a 1, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, à base do talento e com um dos gols (o terceiro) marcado por ele - agora a caminho da Seleção Brasileira.

Everton Ribeiro chegou a seis gols neste ano. Curiosamente o mesmo número em relação à toda temporada passada. Porém com um detalhe relevante: em 2019, o capitão rubro-negro precisou de 62 partidas para atingir tal marca. Agora, em 2020, apenas 30 jogos foram necessários.

- No ano passado, eu acabei sofrendo algumas lesões, que me atrapalharam muito. Disputei alguns jogos com muita dor. Neste ano, sem dor, posso cada vez mais estar melhor, junto com a equipe, o que é importante para coroar o trabalho que estamos fazendo - disse Everton Ribeiro, à "Rede Globo".

Na temporada atual, a média de gols de Everton Ribeiro é de 0,2 por jogo. Das bolas na rede, dois foram pela Libertadores (ambos diante do Junior Barranquilla), um pelo Carioca (contra o Botafogo) e três pelo Brasileirão (cujas vítimas foram Bahia, Fortaleza e Athletico-PR). 

Cabe destacar que a temporada mais artilheira de Everton Ribeiro pelo Flamengo ocorreu em 2018, com dez gols (em 57 jogos). Já levando em conta toda a sua carreira, foi em 2013, pelo Cruzeiro, quando marcou 15 gols em 54 partidas. 

Pelo Fla, o recorde de Everton em uma temporada é de 10 gols





PARTIU, SELEÇÃO!


Com grandes chances de bater um recorde pessoal quanto a gols em uma temporada, Everton Ribeiro terá a chance de elevar esse número, agora com a camisa da Seleção. O meia se apresenta à equipe de Tite esta semana para os dois primeiros jogos das Eliminatórias - contra Bolívia, dia 9, e Peru, dia 13.

- A expectativa é grande. Busquei trabalhar sempre no meu mais alto nível para voltar à Seleção. Agora é mostrar lá o que venho fazendo aqui - falou.

Em tempo: Everton e os outros selecionáveis do Fla - Rodrigo Caio, o chileno Isla e o uruguaio Arrascaeta - devem voltar aos treinos no dia 14 deste mês. Eles serão ausência nas seguintes partidas do Rubro-Negro: contra Sport (dia 7), Vasco (10) e Goiás (13).