Anderson Varejão - Flamengo

Varejão foi campeão do NBB 11 e tem contrato com o Flamengo até setembro (Foto: Divulgação / Flamengo)

LANCE!
20/07/2019
16:38
Rio de Janeiro (RJ)

Após a despedida de Anderson Varejão na tarde da última sexta, o Flamengo deu a sua versão para o não acordo em prol da renovação contratual do pivô de 36 anos, através de três pontos a fim de externar a "realidade dos fatos". O principal é que os projetos de marketing não deram o retorno esperado.

Em comunicado emitido através de sua assessoria de imprensa, Varejão chegou a reclamar a respeito da oferta com redução de 70% dos vencimentos de seus salários. O atleta ex-Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors citou que "faltou  respeito" e que estava "chateado pela maneira como acaba a sua passagem pelo clube" (leia a fala de Anderson Varejão na íntegra).

Confira o pronunciamento oficial do Flamengo:

"O Clube de Regatas do Flamengo recebeu com surpresa o posicionamento do atleta Anderson Varejão nas redes sociais na tarde desta sexta-feira (19), visto que, além de não esclarecer todos os pontos da negociação realizada neste período, o mesmo possui contrato vigente com o Rubro-Negro até final de setembro de 2019.

Vamos aos fatos:

- O “projeto Anderson Varejão” no Flamengo teve início em janeiro de 2018 e previa, desde seu o início, a exploração da imagem do jogador para ações de marketing e licenciamento. Infelizmente o retorno esperado para este projeto não aconteceu e, com isso, os valores contratuais superaram, em muito, o usualmente pago aos jogadores mais conhecidos do nosso basquete.

- O Flamengo estava desde as finais do NBB 11 conversando com o agente do atleta para negociar seu futuro no CRF. Durante as finais da competição, inclusive, a gerência de basquete fez reuniões presenciais com seu representante, em Ribeirão Preto (SP), contrariando o que disse o atleta em suas redes sociais.

- O objetivo do clube para essa próxima temporada era manter o jogador em nosso plantel, não incluindo mais o projeto de marketing e, por conseguinte, reduzindo seus rendimentos de forma a que eles ficassem mais próximos aos demais salários dos atletas de nosso time campeão. Vale ressaltar que esta redução proposta, se considerada toda a temporada, seria muito menor do que os 70% alegados pelo atleta e que seu salário seria um dos maiores de todo o grupo.

Esta é a realidade dos fatos. O Flamengo reitera seu maior respeito para com o atleta e deseja total sucesso em seu futuro esportivo."