Abel Braga - Flamengo x Internacional

Concentração: Abel Braga durante a partida do Flamengo no Beira-Rio (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

LANCE!
02/05/2019
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

A cada quatro jogos, o Flamengo é vazado em três. Esse é o desempenho do time de Abel Braga em 2019, com a defesa sofrendo ao menos um gol em 18 das 24 partidas oficiais disputadas. Contra o Inter, no Beira-Rio, a derrota veio pelos pés de Sarrafiore e pela cabeça de Guerrero, em lances que expuseram falhas individuais e coletivas. Apesar disso, o técnico minimizou os números.

Na visão do técnico, o Flamengo atua sob seu comando com uma postura ofensiva, por isso, está mais propenso a sofrer gol. Abel, porém, ressaltou o rendimento do ataque rubro-negro, com média dois gols por jogo em 2019.

- A gente quer é não sofrer gol, mas como temos um time que joga praticamente no campo do adversário isso vai ocorrer. Em alguns ou muitos jogos vai deixar de acontecer, temos que ressaltar os gols marcados - avaliou.

Vasco (duas vezes), Madureira, Volta Redonda e Cabofriense - todas partidas no Maracanã e pelo Campeonato Carioca - e San José - pela Libertadores em Oruro - foram os adversários que não balançaram a rede do Rubro-Negro neste ano. 

A bola aérea tem sido um problema recorrente. Aconteceu contra o Bangu, na estreia do Flamengo no Estadual, contra o Peñarol, do Uruguai, na Copa Libertadores, e, mais recentemente, contra o Internacional, pelo Brasileirão.

Por outro lado, a equipe tem, de fato, bons números ofensivos. São 48 gols marcados em 24 jogos, sendo 11 de Bruno Henrique e dez de Gabriel Barbosa. Apesar disso, o setor apresentou, em diversos momentos, dificuldades para encontrar alternativas diante de adversários com uma defesa bem postada.

Assim, para chegar às redes, o Flamengo conta com a qualidade individual, o que sobre dentro do elenco montado e reforçado pela diretoria para 2019.