Gabigol - Flamengo

Gabigol foi o principal 'animador' da festa rubro-negra (Foto: Reprodução / Twitter CRF)

Lazlo Dalfovo
24/11/2019
19:52
Rio de Janeiro (RJ)

A reta final da festa contou com os jogadores ainda mais soltos em cima do trio elétrico, na Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio de Janeiro e na tarde deste domingo. Chamou a atenção as reações de Jorge Jesus, que entrou na onda das zoações dos próprios jogadores. 

Gabigol, por exemplo, brincou a respeito de uma declaração do treinador que viralizou ao pronunciar "cincum" em uma entrevista coletiva. Ele imitou o Mister e levou a galera ao delírio com o meme. O comandante, aliás, se arriscou no microfone. Ao lado de Rodinei, Jorge Jesus cantou o hino do Flamengo.

Os jogadores também estenderam bandeirões e tremularam como torcedores, no trio. O carismático Rodinei foi um dos atletas nesta linha. O lateral-direito mandou beijos para a Nação e, de quebra, ainda ouviu um sonoro "Fica, Rodinei!". 

Já no fim do desfile, o local se transformou em um baile funk, com direito a diversos torcedores em cima de bancas, andaimes e telhados. Houve passinho dos jogadores, Gerson com uma máscara do Coringa, fazendo jus ao seu apelido, e até provocação direta aos rivais cariocas.

Ao todo, a festa durou cerca de quatro horas. Os jogadores e comissão técnica do Flamengo se encaminharam para o Batalhão de Choque da Polícia Militar - antes, houve um lamentável enfrentamento entre torcedores e policiais. Já agora à noite, cientes do título brasileiro, com a derrota do Palmeiras para o Grêmio,  atletas participarão de festas pela Zona Sul do Rio.